Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.

Destinos / Parques e atrações

Disneyland Paris mira o mercado Mice no Brasil

Izabele Pesinato, do Atout France, entre Zdenka Conflant e Isabele De La Monte, da Disneyland Paris

Izabele Pesinato, do Atout France, entre Zdenka Conflant e Isabele De La Monte, da Disneyland Paris

A França é um dos principais destinos para o segmento Mice no Brasil. Convenções, reuniões, viagens de incentivo e eventos de empresas brasileiras sempre consideram o país, que é o que mais recebe turistas internacionais no mundo. Este potencial despertou a atenção de uma das atrações mais icônicas de Paris. Não, não se tratada Torre Eiffel, que é o maior símbolo da cidade, mas da Disneyland Paris, que no último ano completou 25 anos e, cada vez mais atrai visitantes do mundo todo.

Para tentar capturar todo este potencial e buscar novas oportunidades, a Disneyland Paris promoverá um evento voltado a este segmento na próxima quarta-feira, em São Paulo e, antes disso, está visitando uma série de agências que atuam neste mercado. “Podemos prover experiências diferentes com um mix entre o parque e os arredores”, destacou a diretora de Vendas e Desenvolvimento de Negócios da Disneyland Paris, Zdenka Conflant, que junto com a especialista de eventos, Isabelle De La Motte, e da diretora adjunta de Marketing e Comunicação do Atout France no Brasil, Izabele Pesinato, visitou a sede do M&E em São Paulo.

A executiva explicou que a Disney não oferece simplesmente espaços, mas sim uma solução completa para os organizadores de eventos e viagens de incentivo. Com departamentos próprios de catering e de produção para os eventos, é possível prover uma solução completa. A logística também é facilitada, uma vez que o complexo conta com dois centros de convenções, 6,5 mil quartos e um espaço modular de 19,3 mil m².

“Para os eventos, é possível manter o parque aberto após o horário de funcionamento de forma exclusiva aos participantes. Como as distâncias são pequenas, eles podem caminhar do centro de convenções até o parque”, afirmou Zdenka. “Também é possível combinar os arredores, pois estamos a poucos minutos de Paris, Champagne e outros”, complementou.

UM MERCADO DE OPORTUNIDADES

Embora a França seja um dos principais destinos Mice dos viajantes brasileiros, a participação dos brasileiros neste mercado é praticamente zero para a Disneyland Paris. De acordo com Zdenka, 80% dos visitantes corporativos são domésticos, 19% do Reino Unido e apenas 1% de outros mercados. “Nunca investimos muito fora da França. Esta incursão no Brasil é a primeira que fazemos fora do nosso mercado doméstico. Acreditamos no potencial do Brasil e da América Latina”, justificou.

A Disney conta ainda com o apoio do Atout France Izabele lembrou que no ano passado o órgão levou agências corporativas e organizadores de eventos em um famtrip que incluiu o parque na programação. “Entendemos que os eventos ainda não acontecem no parque por falta de conhecimento e sabemos que este tipo de ação é importante”, disse. “Há um potencial muito grande de crescimento”, completou Zdenka, lembrando que as novas ligações aéreas com a ampliação da oferta da Air France, é um fator que pode contribuir para isso.

Receba nossas newsletters