Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.

Feiras e Eventos

​BHIC: “Investidores estão cautelosos com o Brasil”

José Ernesto, Rodrigo Machado, Rogério Miranda e Marcelo Fedax

José Ernesto, Rodrigo Machado, Rogério Miranda e Marcelo Fedax


Durante a abertura do Brasil Hospitality Investment Conference (BHIC) – evento da série International Hotel Investment Forum (IHIF) organizado pela Questex Hospitality + Travel em associação com BSH International – que  acontece hoje, no Hotel Pullman Ibirapuera, em São Paulo – o presidente da BSH Internacional, José Ernesto Marino Neto, ressaltou o momento econômico pelo qual passa o Brasil e quais podem ser as oportunidades de investimentos no segmento hoteleiro.

No inicio do painel  “O Mercado Brasileiro ainda é Atraente?”, Marino destacou a capacidade de mudança que o país vive e que os investimentos – hoje focados em Condo Hotéis – podem ser ampliados se houver uma queda na taxa de juros ou mesmo em investimentos feitos em longo prazo.

Para Rodrigo Machado, diretor da XP Investimentos,  a grande dificuldade, atualmente, é identificar projetos e oportunidades de negócios no momento econômico pelo qual atravessa o país. “Este é um momento de cautela para ativos imobiliários. Precisamos ser mais criteriosos na hora de investir”, comentou.

Com praticamente o mesmo pensamento, o sócio da BTG Pactual, Marcelo Fedak, acredita que há muita oportunidade no segmento hoteleiro no país, mas a cautela é mais do que necessária neste momento. “Com o aumento da taxa de juros a oportunidade de investimento fica mais cara. É necessário remodelar as expectativas, pois hoje acontecem negócios em uma escala menor”, disse.

Segundo o vice-presidente sênior de aquisições da Host Hotels & Resorts, Rogério Miranda, o Brasil tem sido desafiador, mas há possibilidades de investimento, porém o foco da Host hoje está no México. “Temos três empreendimentos no Brasil, mas buscamos investir em outro país devido a variáveis como o cambio e o retorno do investimento”, afirmou.

Quanto a pulverização de investimento, os painelistas foram unânimes quando ressaltaram que há no país espaço para as mais diversas formas de investimento em ativos hoteleiros. “Os fundos hoje são mais seguros, mas cabe investimento em Condo Hotéis, hoje o segmento que mais cresce no país”, comentou Machado.

Luciano Palumbo
Fotos: Eric Ribeiro

Receba nossas newsletters
 

Todo o conteúdo produzido pelo Mercado & Eventos é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo sem autorização do Mercado & Eventos.

Para compartilhar esse conteúdo, utilize uma das formas de compartilhamento dentro da página.