Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.

Destinos

Brasil conquista novo reconhecimento em seleção global da OMT

88777

Gilson Machado Neto participa da premiação juntamente com Zurab Pololikashvili (OMT) e Ércio Kriek (Pomerode) (Roberto Castro/MTur)

O Brasil brilhou novamente em mais uma seleção global da Organização Mundial do Turismo (OMT). Indicada pelo Ministério do Turismo, a Rota do Enxaimel, situada no bairro Testo Alto de Pomerode (SC), foi escolhida nesta como uma das “Melhores Vilas Turísticas” do planeta e recebeu o selo Best Tourism Villages.

A certificação reconhece zonas rurais onde o turismo gera oportunidades sustentáveis, preservando tradições culturais e o meio ambiente. O anúncio ocorreu em Madri, na Espanha, durante a 24ª Assembleia Geral da OMT.

O roteiro catarinense abriga a maior concentração de casas construídas no estilo enxaimel fora da Alemanha, técnica que consiste na montagem de paredes a partir de vigas de madeira encaixadas e preenchidas com tijolos de argila. São 50 estruturas do tipo espalhadas por um percurso de 16 quilômetros tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

O ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, que participa do encontro da OMT e acompanhou a premiação, comemorou a conquista. “É muito gratificante, aos olhos de todo o mundo, participar desta vitória de Pomerode, a quem parabenizamos. Isso só comprova o potencial que o Brasil tem de atrair visitantes para os seus variados atrativos, além de sol e praia, e desenvolver o turismo rural como atividade geradora de emprego e desenvolvimento”, comentou.

A seleção recebeu inscrições de 174 destinos de 75 países e consagrou 41 localidades ao redor do mundo. Para integrar o seleto grupo, a Rota do Enxaimel precisou demonstrar alinhamento aos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas. Entre eles, fazer do turismo um forte impulsionador do seu desenvolvimento e bem-estar da comunidade, além de promover e conservar recursos culturais e naturais.

O secretário-geral da OMT, Zurab Pololikashvili, destacou a importância da premiação para o reconhecimento do turismo como fator de desenvolvimento. “O turismo pode ser um motor de coesão social e inclusão, promovendo uma distribuição mais justa de benefícios em todo o território e empoderando comunidades locais. Esta iniciativa reconhece aldeias empenhadas em fazer do turismo um forte impulsionador do seu desenvolvimento e bem-estar”.

Receba nossas newsletters
 

Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize o link https://www.mercadoeeventos.com.br ou utilizando uma das formas de compartilhamento dentro da página. Todo o conteúdo produzido pelo Mercado & Eventos é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo sem autorização.