Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.

Destinos / Feiras e Eventos

Com europeus entre os principais emissores, Amazonas quer voo direto para o continente

Roselene Medeiros, presidente da Amazonastur

Roselene Medeiros, presidente da Amazonastur

MADRI – Principal destino de ecoturismo do País, o Amazonas é um dos destinos que mais desperta interesse no mercado europeu. Esta vocação tornou quase obrigatória a presença do destino nas principais feiras de turismo do continente. De Fitur, em janeiro, à WTM Londres, em novembro, o estado está investindo nesta promoção e no contato com os operadores e profissionais de turismo.

“Somos referência em ecoturismo e temos produtos maravilhosos. Temos a pesca esportiva, os hotéis de floresta e experiências inovadoras. O mercado espanhol manda para o Amazonas muitos turistas deste seguimento, assim como toa a Europa. Vamos voltar com tudo pra o mercado europeu. Nosso objetivo principal e conversas com as companhias europeias para estabelecer uma conexão direta com o nosso estado”, destaca Roselene Medeiros, presidente da Amazonastur.

Esta captação foi inclusive o que norteou muitas das reuniões realizadas pela Amozanastur durante a Fitur 2020. “Nosso principal emissor são os Estados Unidos e na sequência vêm quatro destinos europeus. Alemanha, França, Espanha e Itália. A gente percebe que tem a demanda e aí que entra o papel institucional do governo. O governador nos autorizou a sentar com as companhias e oferecer incentivos”, completa.

Fitur 2020

Com uma agenda intensa de reuniões, a Amazonastur recebeu diversos operadores interessados em formatar produtos para o destino. De acordo com Roselene, alguns dos contatos já contam com grupos fechados que devem impulsionar o número de turistas internacionais no estado durante o ano.

“Nossa visibilidade está grande aqui. Atendemos vários operadores que já sabem exatamente o que querem. Estamos conseguindo medir em números o quanto a gente pode receber de turistas. Podemos dizer que efetivamente vamos receber mais turistas espanhóis em 2020. São grupos de incentivo, grupos fechados de chineses e público de ecoturismo”, conta.

Primeiro ano

No cargo desde de 2 de janeiro de 2019, Roselene completou recentemente um ano à frente da Amazonastur e destacou os bons resultados alcançados neste curto período. “Foi um ano de muito trabalho e bons resultados. Uma das principais coisas que a gente queria era esta aproximação com o trade. Estamos muito unidos. Fizemos capacitações, recebemos vários famtours e conseguimos aumentar o número de turistas de cruzeiros. Temos um balanço muito positivo deste ano de gestão”, finaliza.

O M&E viaja com proteção GTA

Receba nossas newsletters
 

Todo o conteúdo produzido pelo Mercado & Eventos é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo sem autorização do Mercado & Eventos.

Para compartilhar esse conteúdo, utilize uma das formas de compartilhamento dentro da página.