Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.

Feiras e Eventos

De volta a Águas de Lindóia, Aviesp conta com 111 estandes e 400 marcas

Marcos Lucas, presidente da Aviesp, na abertura do evento

Marcos Lucas, presidente da Aviesp, na abertura do evento

ÁGUAS DE LINDÓIA – Após uma década a Aviesp Expo está de volta a Águas de Lindóia, no interior paulista. Na cidade, a feira fez história na época do presidente José Roberto Rocha, falecido em 2007. A partir de 2009 o evento foi realizado em Campos do Jordão, em 2013 e 2014, em Holambra, e em 2016 e 2018, em Campinas, mas agora volta ao Hotel Monte Real.

A feira, que acontece nesta quinta e sexta-feira (25 e 26) conta com 111 estandes e cerca de 400 marcas expostas. “Resgatando nossas origens, teremos uma base sólida para escrever o futuro”, definiu o vice-presidente da Aviesp e mestre de cerimônia da solenidade abertura, Rafael Ricci. “Não é exagero dizer que Aviesp nasceu aqui. Em Águas de Lindóia plantamos a semente de sua representatividade e colaborou com a força econômica do nosso interior, estâncias turísticas e litoral”, complementou o presidente da entidade, Marcos Lucas.

Prefeito Gilberto Helou entregou a chave da cidade para Marcos Lucas, presidente da Aviesp

Prefeito Gilberto Helou entregou a chave da cidade para Marcos Lucas, presidente da Aviesp

O prefeito da cidade, Gilberto Abdou Helou, também prestigiou a abertura do evento. Ele agradeceu a Aviesp por ter escolhido o destino para a realização do evento e entregou a chave da cidade ao presidente da entidade, Marcos Lucas. “Águas se engrandece muito com a presença da Aviesp. A feira ficou aqui por 15 anos e gostaríamos que permanecesse. É uma honra receber o trade e os agentes de viagens”, destacou.

REPRESENTATIVIDADE

O presidente da Aviesp destacou ainda em seu discurso a união das entidades do setor em ações conjuntas em pleitos e lutas comuns. “São ações que não aparecem e não geram riqueza direta, mas criam condições para que cada um de vocês tenham segurança jurídica para trabalhar”, disse Lucas ao trade.

O presidente também conclamou aos profissionais que sejam mais atuantes, participem das entidades e compartilhem anseios e angústias para melhorar o setor como um todo. “Os agentes precisam entender que sozinhos não vamos longe. Associe-se. Somente a sua presença e participação efetiva, além de cobrança embasada serão capazes de levar o setor ao porto seguro que pretendemos”, finalizou.