Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.

Destinos

Estudo identifica as principais tendências do turismo em 2022

o estudo identificou que 59% do participantes estão dispostas a pagar mais taxas para tornar uma viagem mais sustentável e 49% escolheriam um destino menos movimentado para reduzir os efeitos do overtourism

o estudo identificou que 59% do participantes estão dispostas a pagar mais taxas para tornar uma viagem mais sustentável e 49% escolheriam um destino menos movimentado para reduzir os efeitos do overtourism

Com base nas respostas de 5.500 adultos em oito países, o Expedia Group constatou por meio do Índice de Princípios do Viajante que viagens flexíveis e sustentáveis estão entre os maiores interesses dos turistas para 2022.Para 84% dos respondentes, promoções tarifárias influenciam na reserva de um voo online e 83% afirmam que as opções de tarifas flexíveis fazem muita diferença na decisão de compra.

“O Turismo está prestes a vivenciar um ano como nunca visto antes, em que as pessoas planejam viagens com propósitos, valorizam mais as férias e investem em experiências únicas”, disse Ariane Gorin, presidente da Expedia for Business.
Conforme afirmações de 81% dos respondentes, está nos planos tirar férias com a família e amigos nos próximos seis meses, além do interesse por viagens rápidas de aventura (78%). A busca por bem-estar está presente nas afirmações de 36% viajantes dos EUA.

“As empresas de viagens que priorizam a segurança, o bem-estar, soluções inovadoras e a comunicação transparente se manterão como líderes, conforme toda a indústria muda do ‘modo de sobrevivência’ para a alta demanda e crescimento acelerado.”

O bleisure é a escolha de 56% das pessoas que trabalham remotamente. O 2022 Vrbo Trend Report também descobriu que, em comparação com o período pré-Covid, 84% das famílias dos EUA estão valorizando mais as férias e 77% priorizando mais a separação da vida profissional e pessoal.

O estudo identificou que 59% do participantes estão dispostas a pagar mais taxas para tornar uma viagem mais sustentável e 49% escolheriam um destino menos movimentado para reduzir os efeitos do overtourism. No geral a alta no gasto se manifesta entre 54% dos pesquisados, em comparação com o período pré-pandemia.

Outra tendência em evidência está relacionada ao uso de pontos de fidelidade, desejo de 40% dos participantes, com destaque para a Geração Z. A Expedia também constatou que 43% das pessoas adicionará tempo extra para serviços e deslocamento, a fim de minimizar longas filas, estresse nos trabalhadores e voos perdidos.

O relatório completo, contendo mais dados do estudo e sugestões de ações para ajudar a aumentar a fidelidade, a confiança e os negócios dos viajantes em 2022 para empresas de viagens, pode ser baixado aqui.

Receba nossas newsletters
 

Todo o conteúdo produzido pelo Mercado & Eventos é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo sem autorização do Mercado & Eventos.

Para compartilhar esse conteúdo, utilize uma das formas de compartilhamento dentro da página.