Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.

Destinos / Política

Prioridade do Fornatur é ter uma maior articulação política em Brasília

Fabricio Amaral, presidente da Goiás Turismo

Fabricio Amaral, presidente do Fornatur

O Fórum dos Dirigentes e Secretários de Turismo (Fornatur) começou o ano de 2022 com um novo presidente. Fabrício Amaral, presidente da Goiás Turismo, assumiu o Fórum no dia 9 de dezembro de 2021. Em entrevista para a Edição Digital do M&E, pela primeira vez como presidente empossado do Fornatur, Fabrício Amaral destacou os desafios que o setor terá pela frente.

Além dos velhos entraves do setor, o ano já começou com a suspensão da temporada de cruzeiros, o acidente em Capitólio (MG) e a questão do IRRF para as emissões de agências e operadoras. O Fornatur está por dentro disso tudo e tem a missão de estar mais articulado com os poderes políticos, a fim de avançar com pautas em prol do setor de turismo. Questionado sobre a prioridade do Fornatur, Fabrício afirmou.

“Fechamos um planejamento estratégico recentemente, com pautas prioritárias como uma maior articulação política do Fornatur. Precisamos estar mais próximos das decisões do Ministério do Turismo, estar mais articulados na elaboração das leis”

“Fechamos um planejamento estratégico recentemente, com pautas prioritárias como uma maior articulação política do Fornatur. Precisamos estar mais próximos das decisões do Ministério do Turismo, estar mais articulados na elaboração das leis, como a Lei Geral do Turismo, Fungetur e a questão da tributação do IRRF sobre as agências e operadoras, porque são decisões que impactam todo o Brasil. Esse é o papel do Fornatur, ter uma maior articulação política em Brasília”, disse.

Ele ainda comentou sobre a próxima reunião do Fornatur. “Ainda não temos uma data definida, mas minha intenção é realizar uma reunião do Fornatur no Norte do Estado, levar para o Amazonas, já que ficamos sempre muito centralizados por aqui, no Sudeste e Centro-Oeste. Meu desejo é realizar uma reunião logo depois do Carnaval, já na primeira semana de março”.

Para ler a entrevista completa, clique aqui e acesse a Edição Digital de número 430 do M&E.

Receba nossas newsletters
 

Todo o conteúdo produzido pelo Mercado & Eventos é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo sem autorização do Mercado & Eventos.

Para compartilhar esse conteúdo, utilize uma das formas de compartilhamento dentro da página.