Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.
De acordo com a legislação atual, informamos que a nossa empresa NÃO utiliza cookies para melhorar experiências a quem nos acessa. Por favor leia nossa Política de privacidade e saiba mais sobre a transparência e Governança Corporativa da nossa organização.
OK

Destinos

Turistas precisarão de passe especial de Covid-19 para visitar atrações na França

País autorizou viagens não essenciais para turistas vacinados de todos os países.

A Torre Eiffel foi reaberta ao público na última semana com restrições

Turistas precisarão de um passe especial de Covid-19 para acessar grandes atrações na França, como a Torre Eiffel, e visitar museus, cinemas e alguns outros locais culturais e atrações turísticas. A medida foi pelas autoridades francesas que pretendem evitar um aumento no número de infecções pela variante delta. A Torre Eiffel, por exemplo, foi reaberta ao público na última semana com restrições.

E para visitá-la, os visitantes devem provar que estão totalmente vacinados contra o vírus e que recentemente tiveram resultado negativo ou se recuperaram de uma infecção por Covid-19. Além do passe especial da Covid-19, os visitantes deverão cumprir outras regras, incluindo uma política de máscara obrigatória, independentemente do estado de vacinação, e limites de capacidade. O número de visitantes diários será limitado a 13 mil por dia, em vez dos 25 mil normais.

A torre foi fechada em outubro enquanto a França lutava contra o surto de Covid-19, permanecendo fechada por nove meses e marcando o fechamento mais longo do marco de 132 anos desde a Segunda Guerra Mundial. “O turismo está voltando a Paris e podemos novamente compartilhar a felicidade, com visitantes de todo o mundo, deste monumento e de Paris”, disse Jean-François Martins, chefe da empresa operadora da Torre Eiffel.

Fonte: AP/AFP

Receba nossas newsletters