Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.

Destinos / Feiras e Eventos / Manchete

Alagoas investe em tecnologia como nunca e se destaca no cenário nacional

Apresentação do último painel do Invest Alagoas com Giuliana Mesquita (Head de Produtos da Azul Viagens), Adriana Vasconcelos (Diretora comercial da MME Hotéis e empreendimentos), Mário Vasconcelos (CEO do Grupo Amarante), Alexandre Apendino (Diretor executivo de Atendimento e Relacionamento da TOVS), mediado por Bárbara Braga e Silvio Bulhões, Secretários de Turismo e Tecnologia de Alagoas, respectivamente (Divulgação/Manuela Miniguini)

Apresentação do último painel do Invest Alagoas com (Manuela Mininguini/M&E)

SÃO PAULO – O evento Invest Alagoas, iniciativa promovida pelo Estado, aconteceu nesta quinta-feira (13) com o objetivo de apresentar a investidores paulistas as oportunidades que o estado alagoano tem a oferecer. Três painéis aconteceram durante a noite para falar sobre diversos setores, e o último deles, mediado por Bárbara Braga, Secretária de Turismo de Alagoas, e o Secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Silvio Bulhões, discutiu principalmente a importância do desenvolvimento tecnológico em conjunto com o turismo do estado para fomentar o setor.

Logo no início da apresentação, Bárbara relembrou os números alcançados por Alagoas no ano de 2023 e que já estão superados logo no primeiro semestre de 2024. O estado cresceu em 6% no PIB do ano passado para cá e a Secretária responsabiliza esse número em grande parte pelo turismo alagoano, definindo o setor como “uma das principais atividades econômicas de Alagoas”, e acrescenta que “Alagoas vem em um crescimento exponencial”.

Mário Vasconcelos, CEO da empresa hoteleira Grupo Amarante, comentou sobre as oportunidades nesse segmento dentro de Alagoas: “Esse ano a gente começa um novo empreendimento em Porto Velho, na praia. O governo do estado de Alagoas decidiu fomentar o investimento em estradas, aeroportos e redes hoteleiras que aumentaram a capacidade em 70% e eu acho que tem espaço para mais investimentos”, justificou. Vasconcelos ainda dá sua dica aos investidores: “Quem quer fazer investimento em hotelaria, vá, porque lá é favorável”.

Tecnologia

A Secretária continuou a discussão explicando que: “Não tem como falar em turismo sem falar de tecnologia”, e Sílvio Bulhões comprova a tese: “Alagoas investe como nunca investiu tanto na sua história, se transformando em um estado que mais investe em políticas tecnológicas. O Paulo Dantas [governador] investiu 200 milhões de reais, 400% mais do que nos anos anteriores”.

Em seguida, Alexandre Apendino, diretor executivo de atendimento e relacionamento da TOTVS, maior empresa de tecnologia brasileira, explicou a relação do país com o setor tecnológico: “Quando a gente fala em tecnologia, nós ainda somos uma colônia, e a gente poderia desenvolver muito mais no Brasil, e depender menos de players globais. A TOTVS acredita muito no brasil, e o que a gente tá vendo para Alagoas, é investir e contratar muita gente que desenvolve e implanta sistemas no estado”.

“Hoje, quem trabalha com isso, tem um salário muito maior, então a gente começou um investimento no estado e contratamos pessoas lá, abrimos um novo escritório e temos centenas de clientes lá, e acreditamos que podemos muito aumentar a digitalização do estado através de uma empresa brasileira”, completou.

Alagoas como o grande produto

Adriana Vasconcelos, diretora comercial do Grupo MME, confirmou a importância da tecnologia em conjunto com o turismo: “Eu tenho a felicidade de ser a terceira geração em uma empresa familiar. Hoje, no Grupo MME, temos hotéis de econômico até resorts, e eu fico feliz quando o nordeste anuncia esse crescimento pois fazemos parte disso. Atualmente, nós temos 53 milhões de reais de financiamento, e temos mais um hotel para sair.”

Por fim, Giulliana Mesquita, Head de Produtos da Azul Viagens, afirma que “A Azul é uma das companhias aéreas mais populares hoje, e Alagoas é uma baita oportunidade, é o grande produto. Isso é o que mercado fala”. A executiva revelou ainda que a receita do destino representou para a companhia um aumento 112% em relação ao ano anterior.

Receba nossas newsletters
 

Todo o conteúdo produzido pelo Mercado & Eventos é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo sem autorização do Mercado & Eventos.

Para compartilhar esse conteúdo, utilize uma das formas de compartilhamento dentro da página.