Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.

Agências e Operadoras

CVC celebra 50 anos de uma história marcada pelo pioneirismo

Guilherme Paulus, presidente da GJP

Guilherme Paulus é o fundador da CVC

Quando iniciou as atividades da CVC Operadora, em 28 de maio de 1972, Guilherme Paulus não fazia ideia de onde a empresa chegaria. Sim, ela chegou longe. A marca é líder no segmento de férias e lazer, especializada em viagens com assistência. É a maior rede de distribuição de produtos de viagens no varejo, com mais de 1.100 lojas franqueadas no Brasil, mais de 6.500 agências parceiras e um canal online. E neste sábado (28), completa 50 anos de história.

Hoje a operadora faz parte do maior grupo de viagens da América Latina, a CVC Corp, criado oficialmente em 2017 após aquisições de negócios complementares e hoje liderado pelo CEO, Leonel Andrade, mas desde o início de suas atividades, quando organizava excursões rodoviárias para grupos de trabalhadores da região do ABC (SP), em parceria com grêmios e montadoras de automóveis, a CVC vem se reinventando e mantendo-se antenada com as necessidades e oportunidades de cada momento.

Para celebrar as cinco décadas de história, por exemplo, a empresa lança uma campanha. “Viva sua viagem com quem viaja a vida toda”, tendo a cantora Ivete Sangalo como garota propaganda. Com duração prevista para o ano todo, a CVC promete promoções especiais para diversos destinos nacionais e internacionais.

Leonel Andrade, CEO da CVC.

Leonel Andrade, CEO da CVC.

“A CVC chega aos 50 anos completamente renovada. Marca 100% reestilizada, novo modelo de lojas franqueadas em operação e plena convicção de que o futuro do setor, especialmente neste momento de retomada, é bastante promissor. Neste aniversário tão marcante em nossa história, vamos acelerar ainda mais o nosso protagonismo e liderança no setor, oferecendo a todos os nossos franqueados, colaboradores, clientes e parceiros os melhores negócios e as melhores oportunidades”, afirma Leonel Andrade.

 

Pioneirismo é marca da CVC

Sempre à frente do seu tempo, desenvolvendo novos mercados e apontando tendências, a marca CVC foi precursora ao ampliar o acesso e modelo de distribuição do produto “viagem”, com a abertura de lojas em shoppings, galerias e melhores endereços comerciais, em um momento que as agências funcionavam somente em prédios e horários comerciais.

Também foi a primeira companhia a fretar aviões para viagens de férias, a democratizar o acesso dos brasileiros aos cruzeiros, trazendo transatlânticos ao Brasil em um período que essas viagens ocorriam somente na Europa, bem como a oferecer o parcelamento de viagens em 10x sem juros e a desenvolver produtos turísticos que cabem no bolso do consumidor.

Capilaridade

Nova-Loja-CVC--2-

CVC possui a maior rede de distribuição de produtos turísticos do varejo brasileiro

Presente nos 26 estados brasileiros e no Distrito Federal, hoje a CVC possui a maior rede de distribuição de produtos turísticos do varejo brasileiro, com mais de 1.100 agências exclusivas franqueadas, 6.500 agências de viagens multimarcas credenciadas e canal online. Oferece um amplo portfólio de férias e lazer, em mais de 1.000 produtos nacionais e internacionais, com serviços e produtos em todas as modalidades de viagens – terrestre (carro e ônibus), cruzeiro, aéreo, podendo o cliente customizar sua viagem e adicionar serviços como passeios, ingressos, seguro viagem, vale viagem, entre outros.

Único grupo de viagens a figurar na bolsa

No âmbito corporativo, a CVC também ganhou salto evolutivo em 2009, quando a empresa foi adquirida por um dos maiores fundos de private equity do mundo, o Carlyle, que permaneceu na companhia até 2016. Em 2013, a companhia chegou à Bolsa de Valores brasileira, em um dos mercados de mais elevado nível de exigência e governança corporativa, o B3, sendo até hoje o único grupo de viagens a figurar na bolsa. Com isso, iniciou-se o processo de perpetuação da marca e dos negócios no segmento de viagens.

Uma empresa de grandes números

  • R$ 3,4 bilhões em Reservas Consumidas no 4T21;
  • A Receita Líquida no 4T21 ficou em R$ 314 milhões, um avanço de 36,3% quando comparada ao 3T21 (e de 92,9% vs 4T20);
  • R$ 3,04 bilhões em Reservas Confirmadas no 4T21, crescimento de 63,9% em comparação com 4T20;[
  • VHC – R$ 58 milhões em Reservas Confirmadas em 2021;
  • A base de clientes contatáveis cresceu 220% em 2021, alcançando 25,3 milhões em dez/2021. Destes, 10 milhões já recebem recomendação personalizada de destinos;
  • A CVC possui mais de 1.100 lojas espalhadas por todo o Brasil e iniciou um cronograma completo de retrofit de toda a rede, iniciado ao final de 2021, em um conceito moderno, digital, sustentável e focado na experiência do cliente;
  • A CVC foi eleita por 11 vezes como empresa de viagem Top of Mind entre os brasileiros.

Linha do Tempo

  • 1972 – Fundação da CVC – Em Santo André (SP), organizando excursões rodoviárias
  • 1978 – Início da organização de grupos de viagem – atendendo principalmente aos grêmios de funcionários das indústrias do ABC Paulista.
  • 1981 – Surgimento dos primeiros pacotes de viagem com transporte aéreo – início da democratização das viagens de lazer de avião.
  • 1983 – Inauguração das primeiras lojas fora do ABC Paulista – nas cidades de Santos, no litoral paulista, e em São José dos Campos, no interior paulista.
  • 1992 – A CVC começou a fretar aviões para uso exclusivo de seus passageiros – as primeiras viagens foram para Maceió, Natal, Porto Seguro, Serra Gaúcha e para a Pousada do Rio Quente.
  • 1997 – Começou a vender pacotes para Europa e Ásia.
  • 1998 – Primeira loja em shopping center – enquanto as agências funcionavam em prédios e horários comerciais, a CVC foi pioneira ao apostar em novo canal de distribuição de produtos turísticos no varejo. Inaugurava, em 1998, sua primeira loja em shopping center, no Shopping Plaza Sul, em São Paulo. Era o início da estratégia de facilitar o acesso do brasileiro ao turismo – e de promover as viagens no varejo.
  • 2009 – Nova Gestão – Adquirida por um dos maiores fundos de Private Equity do mundo
  • 2013 – Abertura de capital – A CVC estreia negociação de ações na Bolsa de Valores
  • 2015 – Início das aquisições – Entrada em segmentos complementares ao de lazer. Compra da totalidade da Submarino Viagens e de 51% da RexturAdvance
  • 2016 – Capital pulverizado – A companhia deixa de ter um controlador único. Ano de aquisição da Experimento Intercâmbio Cultural
  • 2017 – CVC Corp – A companhia lança uma marca corporativa e adota estrutura matricial. Ano de aquisição de mais 2 marcas, a Visual e a Trend, e dos 49% restantes da RexturAdvance
  • 2018 – Aquisições no exterior – Compra de importantes players no mercado argentino – Bibam Group e Ola
  • 2019 – Expansão da operação – Liderança no mercado de viagens corporativas – aquisição de 100% da Esferatur e da Almundo
  • 2020 – Nova gestão na CVC – Construção de bases para geração de valor e preservação do negócio
  • 2021 – Criando o futuro – Protagonista do ecossistema de turismo e compromisso com a sustentabilidade. Aquisição do restante da Ola e da VHC
  • 2022 – CVC Corp investe em participação no aplicativo WeTrek, voltado a viajantes independentes. Também anuncia que será o ano de maior investimento da história da companhia, com expectativa de superar em 20% o montante de R$ 134 milhões investidos em 2021, que já foi o recorde da empresa. Ano em que a CVC completa 50 anos e anuncia campanha de celebração de aniversário que será encampada pela cantora Ivete Sangalo e terá ações durante o ano todo.

Presente e futuro: 2022 será o ano de maior investimento da história da companhia

cvc 700 465

Em 2021 foram investidos R$ 134 milhões em projetos voltados principalmente para Tecnologia da Informação e Segurança da Informação

“Ninguém vai sair mais forte do que a CVC após o período de pandemia”. É isso que garante Leonel Andrade, CEO do grupo CVC Corp. De acordo com ele, 2022 será o ano de maior investimento da história da companhia. Em 2021 foram investidos R$ 134 milhões em projetos voltados principalmente para Tecnologia da Informação e Segurança da Informação, além de Projetos Estratégicos focados na transformação digital. A estimativa agora é superar esse montante em 20%.

“O fortalecimento da CVC Corp, tanto em aspectos financeiros como operacionais, aliado ao ambiente mais benigno da pandemia, criam condições para assumirmos nosso papel de liderança no setor de turismo latino-americano. Estamos ingressando em um novo ciclo de crescimento, com importantes entregas de projetos em 2022 que visam melhorar o atendimento ao cliente e também a eficiência operacional, de forma a participar ainda mais de sua jornada de compras e da sua experiência com viagens”.

Destinos nacionais e internacionais

Segundo levantamento da empresa, neste momento de retomada do turismo, os destinos nacionais ainda têm a preferência das buscas, mas os internacionais também começam a crescer, ao passo em que as restrições para entrada em diversos países começam a diminuir. Atenta ao aumento de demanda, a CVC está aumentando, por exemplo, sua oferta em voos exclusivos para seus clientes, tanto nacionais quanto internacionais.

Para a temporada de inverno em Bariloche, Argentina, a empresa terá voos semanais, saindo de São Paulo nos meses de julho e agosto. Já para viajar dentro do Brasil, um dos destinos operados com voos exclusivos é Porto Seguro – BA, que sempre figura entre os mais procurados, para onde a empresa terá 290 voos entre junho de 2022 e julho de 2023, saindo de São Paulo (Congonhas e Guarulhos), Ribeirão Preto e Belo Horizonte.

FACILIDADE DE COMPRAS – Desde o final do ano passado, a CVC está com novas alternativas de financiamento que chegam a 24x iguais, com opção de utilização do cartão de crédito próprio da marca – que ainda acumula pontos que podem ser trocados em descontos para viagens nacionais e internacionais – ou boleto.

A CVC Corp na retomada após a pandemia

  • Investimentos recordes em 2021 e 2022, especialmente em tecnologia;
  • Companhia 100% intacta: manteve toda a estrutura na pandemia;
  • Mais de 25 milhões de clientes engajados na base, sendo que 10 milhões já recebem recomendação personalizada;
  • Dívida líquida reduzida – menor patamar em 2 anos.
Receba nossas newsletters
 

Todo o conteúdo produzido pelo Mercado & Eventos é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo sem autorização do Mercado & Eventos.

Para compartilhar esse conteúdo, utilize uma das formas de compartilhamento dentro da página.