Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.

Agências e Operadoras / Hotelaria

Expedia Group destinará US$ 275 milhões para ajudar seus parceiros

o grupo Expedia está identificando um grande fluxo de buscas e interesses de viagens para o Brasil.

Auxílio virá por meio de compensação de reservas e verbas de marketing

O Expedia Group destinará US$ 275 milhões para ajudar seus parceiros a se recuperar dos impactos provocados pela pandemia de coronavírus e incentivar na recuperação da indústria de viagens e turismo. O programa proposto pela OTA inclui uma série de iniciativas globais de restauração do setor e busca principalmente apoiar parceiros independentes e pequenas redes hoteleiras para reconstruir seus negócios, atrair hóspedes valiosos e otimizar fluxos de receita.

Uma pesquisa realizada pelo Expedia Group em abril de 2020 com seus parceiros de hospedagem mostrou que eles querem apoio das OTAs em quatro áreas prioritárias à medida que se recuperam da pandemia: dados de demanda por viagens, em especial domésticas e de lazer; investimentos em marketing e em geração de demanda por viagens e destinos; maior visibilidade nas plataformas do Expedia Group; e alívio financeiro. Com base nas demandas observadas, foram desenhadas as iniciativas que visam atender esses profissionais.

“Não há um plano padronizado que possa servir para todos. Restaurar a indústria de viagens exigirá um nível sem precedentes de parceria entre os setores público e privado. Este programa de recuperação é o primeiro passo em nossa longa jornada para reconstruir um ecossistema de viagens global mais resiliente, inclusivo e sustentável”, destaca Cyril Ranque, presidente do Travel Partners Group do Expedia Group.

Apoio aos parceiros de hospedagem

O Expedia Group está comprometendo US$ 250 milhões em créditos para marketing e alívio financeiro. Para cada parceiro de hospedagem que participar do programa, a empresa reinvestirá 25% das compensações obtidas com esse parceiro em 2019 para uso junto ao Grupo.

A empresa também está reduzindo sua compensação em todas as novas reservas feitas dentro do período de três meses do programa, independentemente das datas de hospedagem. Por fim, o Expedia Group está estendendo as condições de pagamento das reservas feitas pelo Hotel Collect para 90 dias, para fornecer alívio financeiro adicional.

Para entender melhor quando a demanda voltará a um mercado, o Expedia Group está fornecendo dados proprietários para acompanhar as tendências através de uma nova ferramenta de análise de dados chamada Market Insights. O painel dinâmico aponta tendências sobre tráfego dos sites, datas de hospedagem e mercados de fonte de demanda. A ferramenta já funciona e é gratuita para todos os hoteleiros que utilizam a Central de Parceiros do grupo.

Já para redes hoteleiras e proprietários, o Expedia Group lançou uma versão simplificada de sua solução de “distribuição otimizada”, que permite gerenciar de forma mais eficaz a distribuição de tarifas de atacado entre provedores de viagens externos. A solução foi projetada para aumentar a receita dos parceiros posicionando favoravelmente o seu inventário em uma rede que inclui companhias aéreas, programas de fidelidade, instituições financeiras, agências de viagens e outros.

Atração de viajantes para os destinos

Para reacender a demanda através da conscientização do mercado, o Expedia Group Media Solutions, organização global de publicidade do Expedia Group, está abrindo um fundo de US$ 25 milhões para promover destinos. Esse plano de recuperação se concentra em campanhas cooperativas dirigidas pelos destinos, que se aproximam dos parceiros com audiências similares, para administrar seu gasto publicitário da melhor maneira e maximizar suas conversões.

O Expedia Group ainda deu início a uma série de campanhas com novas experiências virtuais. Por exemplo, uma iniciativa da Media Solutions chamada Where Next (Para onde, agora?) que ajuda os viajantes a descobrir novos destinos. Já em andamento e indo até meados de junho, a campanha, que pode ser acessada em qualquer dispositivo, teve um início promissor, atraindo 30 mil visitantes nas primeiras semanas. Outras iniciativas lançadas incluem videoconferência com o Gnomo Itinerante da Travelocity, cerimônias de casamento virtuais com o Capitain Obvious, e novas experiências de viagem virtuais nacom, como caminhadas através de Yellowstone e performances da Filarmônica de Berlim.

“Nos países latino-americanos, alguns dos esforços que compõem este programa de recuperação serão executados no período mais adequado para cada mercado, dependendo do relaxamento das restrições de viagens. Estamos monitorando a situação de perto, com a ajuda de nossas equipes de gestão de contas em cada país”, diz Freddy Dominguez, vice-presidente de mercado para a América Latina do Travel Partners Group do Expedia Group.

Receba nossas newsletters
 

Todo o conteúdo produzido pelo Mercado & Eventos é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo sem autorização do Mercado & Eventos.

Para compartilhar esse conteúdo, utilize uma das formas de compartilhamento dentro da página.