Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.

Aviação / Destinos

EUA abrem fronteiras em novembro para estrangeiros vacinados

Estados Unidos abrirão fronteiras para brasileiros vacinados

Joe Biden, presidente dos Estados Unidos

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, decidiu flexibilizar as restrições de viagem de estrangeiros para os Estados Unidos. A expectativa é que a partir de novembro o país aceite viajantes completamente vacinados, inclusive brasileiros. O comprovante de vacinação deverá ser apresentado no embarque, juntamente com um teste negativo para Covid-19, realizado em até 72 horas antes do embarque. Desta forma, os Estados Unidos abrem as fronteiras para o Turismo novamente.

A informação foi divulgada nesta segunda-feira (20), pelo Washington Post, após confirmação do coordenador de resposta à Covid-19 da Casa Branca, Jeff Zients. Os passageiros totalmente vacinados não serão obrigados a quarentena, disse Zeints. Por outro lado, Biden também vai endurecer as regras de teste para cidadãos americanos não vacinados, que precisarão ser testados um dia antes de retornar aos EUA, bem como depois de chegarem em casa.

Ainda não foi anunciado quais vacinas serão aceitas pelo governo dos EUA, se somente as aprovadas no país ou todas as aprovadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

A nova política vale para turistas de todos os países, inclusive brasileiros e substitui o sistema de restrições a determinados países, instituído pela ainda no governo de Donald Trump no ano passado e reforçada por Biden no início deste ano. A medida em vigor até então restringe viagens de cidadãos não-americanos que estiveram no Reino Unido, União Europeia, China, Índia , Irã, República da Irlanda, Brasil e África do Sul nos 14 dias anteriores à viagem.

O Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) exigirá que as companhias aéreas coletem informações de contato de viajantes internacionais para facilitar o rastreamento de contatos. De acordo com Zients, a nova política entrará em vigor “no início de novembro, para permitir que as companhias aéreas e os parceiros de viagem tenham tempo para se prepararem para implementar os novos protocolos”.

Receba nossas newsletters
 

Todo o conteúdo produzido pelo Mercado & Eventos é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo sem autorização do Mercado & Eventos.

Para compartilhar esse conteúdo, utilize uma das formas de compartilhamento dentro da página.