Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.

Aviação

Gol começa a operar o Boeing 737 MAX 8 em Congonhas

Boeing 737 MAX da Gol no Aeroporto de Congonhas

Boeing 737 MAX da Gol no Aeroporto de Congonhas

A Gol deu início no último sábado (03) às operações do Boeing 737 MAX 8 em Congonhas, na capital paulista. O equipamento contempla, sobretudo, as rotas de Fortaleza, Recife e Salvador, no Nordeste, além de Florianópolis, no Sul. A aeronave está configurada para 186 passageiros e conta com bagageiros maiores.

A aeronave opera com menor nível de ruído dos motores e é reconhecida pelo consumo 15% mais baixo de combustível – atributo que garante redução da emissão de poluentes também de 15%, o que vai ao encontro das boas práticas de sustentabilidade defendidas pela companhia, comprometida com a emissão líquida zero de carbono até 2050.

O MAX permite melhor performance para voos longos na pista de Congonhas, garantindo o transporte sem restrições de clientes e cargas a partir do aeroporto central de São Paulo. Deve-se ressaltar que, em março deste ano, a Gol foi a primeira empresa aérea brasileira a ser certificada pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) com crédito de performance de atrito no pavimento novo da pista de Congonhas.

Hoje, a Gol possui 10 aeronaves Boeing 737 MAX 8 no Brasil, todas em operação, com previsão de chegar a 18 até o final de 2021. Assim, a Companhia reitera seu compromisso com a renovação constante de sua frota, fazendo uso de aviões mais modernos e eficientes, além de menos poluentes.

Receba nossas newsletters
 

Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize o link https://www.mercadoeeventos.com.br ou utilizando uma das formas de compartilhamento dentro da página. Todo o conteúdo produzido pelo Mercado & Eventos é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo sem autorização.