Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.

Aviação

Qatar Airways já gastou US$ 1,2 bilhão em reembolsos

Qatar anunciou aquisição de 5% da China Southern

Valor foi distribuído a quase 600 mil passageiros

A Qatar Airways já gastou cerca de US$ 1,2 bilhão em reembolsos a quase 600 mil clientes que tiveram seus voos cancelados ou alterados por conta da pandemia de Covid-19. O valor foi revelado em comunicado divulgado pela companhia na última terça-feira (19).

No contexto de um número sem precedentes de pedidos de reembolso conforme as companhias aéreas e passageiros navegam pelas restrições de entrada impostas por países ao redor do mundo para limitar a disseminação do Covid-19, a Qatar Airways tem trabalhado para processar quase todos os reembolsos solicitados desde março de 2020 (96%). A companhia aérea agora está processando todos os novos reembolsos na forma original de pagamento em menos de 30 dias.

A Qatar Airways destacou ainda sua “uma política de reservas flexível”, na qual os bilhetes são válidos por dois anos a partir da data de emissão. Com isso, os passageiros também podem optar por alterar a data da viagem ou destino gratuitamente, alterar sua origem para outra cidade dentro do mesmo país ou qualquer outro destino na rede da companhia aérea dentro de um raio de 5 mil milhas do original (8 mil km), trocar seu bilhete para um futuro voucher de viagem no valor de 110% do valor original da passagem ou troque suas passagens por Qmiles. A Qatar destacou que 36% dos passageiros escolheram uma dessas opções em vez de um reembolso.

“Com o impacto do Covid-19 nas viagens globais, os passageiros tiveram que mudar seus planos em um curto espaço de tempo e foi difícil para eles planejar com antecedência certeza. O que eles desejam e merecem é flexibilidade e confiabilidade e, na Qatar Airways, esperamos que encontrem uma companhia aérea em que possam confiar. O valor que pagamos em reembolsos sem dúvida teve um impacto em nossos resultados financeiros, mas é nosso dever fazer a coisa certa por nossos clientes e parceiros comerciais e, como companhia aérea, somos fortes o suficiente para mitigar o impacto disso”, afirmou o CEO do Grupo Qatar Airways, Akbar Al Baker.

Receba nossas newsletters
 

Todo o conteúdo produzido pelo Mercado & Eventos é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo sem autorização do Mercado & Eventos.

Para compartilhar esse conteúdo, utilize uma das formas de compartilhamento dentro da página.