Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.

Aviação / Destinos

São Paulo pode passar a exigir passaporte de vacinação para turistas

Procedimento para combate e prevenção ao Covid-19 será realizado nos terminais 1, 2 e 3 até o dia 04 de abril (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

De acordo com o governador João Doria, os aeroportos e o porto passarão a fazer a exigência, mesmo tratando-se de espaços subordinados à administração federal (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O estado de São Paulo poderá passar a exigir o passaporte vacinal contra a Covid-19 a partir de 16 dezembro em seus aeroportos (Guarulhos, Viracopos e Congonhas), bem como para o Porto de Santos, caso o governo federal não adote o passaporte de vacinação contra Covid-19, em âmbito nacional, até o dia 15 de dezembro.

De acordo com o governador João Doria, os aeroportos e o porto passarão a fazer a exigência, mesmo tratando-se de espaços subordinados à administração federal. Um ofício foi enviado pelo governo estadual ao Ministério da Saúde pedindo a adoção da obrigatoriedade da apresentação do comprovante de vacinação. A medida no território paulista atingiria boa parte dos viajantes que chegam ao Brasil, já que os três aeroportos respondem por dois terços do total de voos internacionais no país.

Ao invés do passaporte, o governo federal foi por outro caminho e anunciou, nessa terça-feira (7), que vai exigir quarentena de cinco dias para viajantes não vacinados contra a Covid-19 que desembarcarem no país. Após o período de isolamento determinado, os viajantes deverão realizar um teste do tipo RT-PCR com resultado negativo para poder assim ser liberado para suas atividades.

Fonte: Agência Brasil

Receba nossas newsletters
 

Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize o link https://www.mercadoeeventos.com.br ou utilizando uma das formas de compartilhamento dentro da página. Todo o conteúdo produzido pelo Mercado & Eventos é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo sem autorização.