Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.
De acordo com a legislação atual, informamos que a nossa empresa NÃO utiliza cookies para melhorar experiências a quem nos acessa. Por favor leia nossa Política de privacidade e saiba mais sobre a transparência e Governança Corporativa da nossa organização.
OK

Aviação

Sita realiza debate sobre presença das mulheres na aviação

Airline check-in attendant sticking tag to the luggage of commuter at airport

O objetivo é refletir sobre os desafios contemporâneos da aviação em diversas áreas e incentivar as profissionais mulheres da indústria (Divulgação/Freepik)

Realizado pela Sita, em conjunto com a Alta (Associação Latino-Americana e do Caribe de Transporte Aéreo) e do ACI-LAC (Conselho Internacional de Aeroportos, América Latina e Caribe), com apoio da Iawa (Associação Internacional de Mulheres na Aviação), o evento “Voando Mais Alto” volta em 2021, em versão online, acontece nesta quinta-feira (17), às 12h, com debates sobre o momento atual do mercado e aspectos pertinentes à presença das mulheres na indústria da aviação.

O objetivo é refletir sobre os desafios contemporâneos da aviação em diversas áreas e incentivar as profissionais mulheres da indústria a sentirem-se à vontade para dividir suas histórias, compartilhar suas conquistas e trazerem inspiração com suas trajetórias. O Brasil já sediou três encontros deste tipo em 2019, no Rio de Janeiro, em São Paulo e em Brasília.

“Temos muito orgulho deste programa, criado a partir de uma necessidade de promover o diálogo para mulheres em todos os níveis de carreira na aviação. Nesta nova edição virtual, temos a oportunidade de um maior engajamento, ao identificar fatores de motivação e os desafios enfrentados pelas mulheres”,  afirma Cristiane Dart, vice-presidente de Comunicação e Marketing da
Iawa e executiva de Marketing da Sita.

De acordo com José Ricardo Botelho, diretor-executivo e CEO da Alta, “é fundamental que a aviação seja, cada vez mais, um ambiente diverso. A Alta compromete-se a dialogar e trabalhar com todos os parceiros para gerar impactos positivos na indústria aérea na América Latina e no Caribe com a participação expressiva das profissionais mulheres, contribuindo para que desenvolvam suas carreiras em ambientes de trabalho inclusivos.”

“O ACI-LAC tem o prazer e o compromisso de apoiar discussões e iniciativas que abram espaço para compartilhar experiências, boas práticas, conquistas e conhecimentos que inspiram e incentivam outras pessoas a fazerem parte de uma indústria mais diversa e inclusiva”, completou Rafael Echevarne, diretor-geral do ACI-LAC.

Receba nossas newsletters