Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.
De acordo com a legislação atual, informamos que a nossa empresa NÃO utiliza cookies para melhorar experiências a quem nos acessa. Por favor leia nossa Política de privacidade e saiba mais sobre a transparência e Governança Corporativa da nossa organização.
OK

Cruzeiros

Carnival terá oito marcas em operação e 52% da capacidade total até novembro

mardigras

Mardi Gras, o novo navio da Carnival, estreia no dia 31 de julho

A Carnival Corporation anunciou que oito de suas marcas de cruzeiros planejam retomar as operações nos Estados Unidos, Caribe e Europa. AIDA Cruises, Carnival Cruise Line, Costa Cruzeiros, Cunard, Holland America Line, Princess Cruises, P&O Cruises (UK) e Seabourn retomam as operações usando uma abordagem gradual e em fases.

As viagens foram anunciadas em 42 navios até 30 de novembro, representando 52% da capacidade total da Carnival Corporation em sua frota global de 91 navios de cruzeiro. Os primeiros cruzeiros acontecerão com protocolos de saúde aprimorados desenvolvidos em conjunto com o governo e as autoridades de saúde.

“Para todas as marcas, nossa maior responsabilidade e prioridades são sempre conformidade, proteção ambiental e a saúde, segurança e bem-estar de nossos hóspedes, nossos funcionários a bordo e em terra, e as comunidades que visitamos”, disse o chefe de Comunicações da Carnival Corporation, Roger Frizzell. “Estamos felizes em ver oito de nossas marcas navegando neste verão”, completou o executivo.

A Carnival Cruise Line retomará as operações com oito navios até o final de agosto, incluindo saídas de Galveston, Miami, Port Canaveral, Long Beach e Seattle (para o Alasca). Incluído nessa lista está o Mardi Gras, o novo navio da armadora e o primeiro de cruzeiro na América do Norte movido a gás natural liquefeito (GNL), com partidas de Porto Canaveral a partir de 31 de julho.

A Princess Cruises espera retomar as operações em julho, com cruzeiros no Alasca e uma série de cruzeiros no Reino Unido, bem como partidas de Los Angeles, San Francisco e Fort Lauderdale para o Caribe, Canal do Panamá, México, Havaí e Califórnia costa a partir de setembro.

A Holland America Line espera retomar as operações agora em julho com cruzeiros no Alasca, seguidos por cruzeiros da Grécia em agosto e da Itália e Espanha em setembro, bem como cruzeiros para o México, Havaí, costa da Califórnia e Caribe neste outono. A Seabourn espera retomar as operações de cruzeiros em julho, partindo da Grécia e Barbados, junto com o início da temporada da Antártica em novembro.

A Costa Cruzeiros retomou as operações em maio, com viagens na Itália e Grécia, e agora está oferecendo viagens para a França e Espanha em julho, seguidas por Portugal e Turquia em setembro. A Cunard oferecerá uma série de cruzeiros neste verão navegando pelo Reino Unido em julho, seguida por viagens à costa ibérica e às Ilhas Canárias. Em novembro, o Queen Mary 2 retorna ao serviço com uma série de travessias transatlânticas e cruzeiros pelo Caribe.

O AIDA Cruises retomou as operações de cruzeiros em março, navegando nas Ilhas Canárias, em maio, com viagens na Grécia e na Alemanha, e agora está oferecendo viagens adicionais para fora da Alemanha, bem como na Espanha, Itália, Portugal e Malta a partir de julho, e o Golfo Pérsico a partir de novembro.

E a P&O Cruises (UK) oferecerá uma série de cruzeiros neste verão navegando pelas águas do Reino Unido, começando em junho e expandindo para o Mediterrâneo e a costa atlântica a partir de setembro.

Receba nossas newsletters