Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.

Cruzeiros

Royal Caribbean Group tem dois novos navios operando em Galápagos

galapagos Royal Caribbean Group tem dois novos navios operando em Galápagos

O CEO do Grupo Royal Caribbean, Jason Liberty, chamou os novos navios de “joias flutuantes que levam você a todos esses lugares incríveis” (Foto: Silversea Cruises)

Apesar da venda de dois de seus navios que operavam em Galápagos, o Grupo Royal Caribbean quer expandir sua presença no destino, de acordo com o CEO Jason Liberty. Com a venda do Celebrity Xpedition e do Celebrity Xploration para a Lindblad Expeditions, o Grupo Royal Caribbean terá dois novos navios operando em Galápagos: o Silver Origin e o Celebrity Flora.

Ambos são navios mais modernos – o cruzeiro inaugural do Flora foi em 2019 e do Origin em 2021, e cada um acomoda 100 hóspedes, o máximo permitido em Galápagos. Para Liberty, agora o Grupo Royal Caribbean tem o melhor produto de cruzeiro em Galápagos.

O Xpedition, com 48 hóspedes, e o Xploration, com 16 hóspedes, foram construídos em 2001 e 2007, respectivamente, e foram navios adquiridos pela Celebrity Cruises. O Xpedition está navegando como um navio da Celebrity desde 2004, e o Xploration desde 2017. A troca por navios mais novos vem para acrescentar na experiência dos hóspedes.

“Nós os compramos porque eles vinham com licenças para operar em Galápagos”, disse Liberty. Ele acrescentou que o Xpedition e o Xploration “não estavam realmente conectados, em termos de experiência”, à marca Celebrity. No entanto, o Flora e o Origin estão ligados à marca. Eles foram construídos para a Celebrity e a Silversea.

“É um produto de muito sucesso para nós. Os navios estão sempre lotados. Os níveis de satisfação são excepcionalmente altos”, disse Liberty. O CEO chamou ainda o cruzeiro em Galápagos de “uma ou duas das melhores experiências de férias que já tive”.

“Há tantas lembranças e histórias incríveis que você leva consigo. É realmente incrível, mas também é um espaço muito protegido. E é isso que o torna tão único e especial. Não há nada igual em Galápagos”, disse ele.

“Todo o resto é muito antigo ou não está à altura [da qualidade]. Combinamos nossas marcas com experiências que os hóspedes não teriam em nenhum outro lugar, em termos de comodidades”, finalizou Jason.

*Com informações da Travel Weekly

Receba nossas newsletters
 

Todo o conteúdo produzido pelo Mercado & Eventos é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo sem autorização do Mercado & Eventos.

Para compartilhar esse conteúdo, utilize uma das formas de compartilhamento dentro da página.