Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.

Empregos / Serviços

Pequenos negócios respondem por 42% das vagas criadas em julho

empregos-shutterstock_403515793

Além do segmento de Serviços, no qual o turismo está inserido, todos os outros setores apresentaram resultados positivos na criação de emprego.

Das mais de 229 mil novas vagas criadas pelas micro e pequenas empresas em julho, 94,2 mil foram do setor de Serviços, o que corresponde a 42% dos novos postos de trabalho criados pelos pequenos negócios. É o que diz o levantamento feito pelo Sebrae, com base em dados do Caged do Ministério da Economia.

Além do segmento de Serviços, no qual o turismo está inserido, todos os outros setores apresentaram resultados positivos na criação de emprego. O Comércio foi responsável por 65,8 mil novos postos de trabalho, seguido pela Indústria da Transformação (36,5 mil), Construção Civil (26,2 mil) e Agropecuária (4 mil).

Quando somados todos os setores de atuação das micro e pequenas empresas, chega-se a um saldo de 229,4 mil admissões, ou seja, aproximadamente 70% das 316,6 mil vagas criadas no país no mês de julho. Desse total, as médias e grandes empresas abriram apenas 73,7 mil vagas.

“Há mais de um ano, mensalmente, as micro e pequenas empresas apresentam um resultado positivo nas contratações no Brasil. Elas são o motor da nossa economia e o caminho da retomada do crescimento”, ressalta Melles. No acumulado de 2021, os dados do novo Caged mostram que já foram criados no Brasil mais de 1,8 milhão de postos de trabalhos formais, sendo que as micro e pequenas empresas foram responsáveis por 1,3 milhão.

Receba nossas newsletters
 

Todo o conteúdo produzido pelo Mercado & Eventos é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo sem autorização do Mercado & Eventos.

Para compartilhar esse conteúdo, utilize uma das formas de compartilhamento dentro da página.