Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.
De acordo com a legislação atual, informamos que a nossa empresa NÃO utiliza cookies para melhorar experiências a quem nos acessa. Por favor leia nossa Política de privacidade e saiba mais sobre a transparência e Governança Corporativa da nossa organização.
OK

Hotelaria

“Não podemos parar”: FBHA lança campanha de apoio ao setor na retomada

Créditos Humberto Sales (MTur) - iStock.com (4x6)

Federação terá imagens que representam a vida do turismo brasileiro em suas diferentes formas (Humberto Sales/MTur/iStock)

A Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA) mobiliza o setor para lançar, nesta quinta-feira (24), uma campanha nacional intitulada “Não podemos parar”. A ação, que conta com o apoio da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), tem o intuito de auxiliar na retomada do segmento de forma segura, dentro dos protocolos de higienização estabelecidos pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

De acordo com Alexandre Sampaio, presidente da entidade, a medida busca alertar a sociedade sobre os prejuízos acumulativos que o setor tem sofrido desde a chegada da Covid-19 ao país. No começo do mês de junho, a CNC informou que o turismo brasileiro teve a perda de R$ 355,2 bilhões desde março do ano passado.

“O slogan da campanha já explicita o que queremos transmitir: precisamos acreditar em dias melhores e, por esta razão, não podemos parar. Devemos dar continuidade aos nossos negócios para que empresários, colaboradores e profissionais da área possam garantir a própria renda. É inconcebível permitir novas falências dentro do nosso ramo”, explica.

Créditos Marco Ankosqui (MTur) - iStock.com (Ljupco)

Segundo a entidade, por meio do turismo, é possível vivenciar novas culturas, experiências, histórias e afetos (Marco Ankosqui/MTur/iStock)

A FBHA terá imagens que representam a vida do turismo brasileiro em suas diferentes formas. Segundo a entidade, por meio do turismo, é possível vivenciar novas culturas, experiências, histórias e afetos. “Esses sentimentos são fundamentais para a qualidade de vida. Estamos falando de mães e pais de família que dependem do setor diretamente. Queremos que os estados compreendam a gravidade de limitar o funcionamento de estabelecimentos vitais para a população”, destaca Sampaio.

O presidente ainda solicita apoio dos empresários para aderirem ao movimento. Para auxiliar na divulgação da ação, a FBHA disponibilizará as peças da campanha para todos os seus sindicatos filiados, espalhados por todo Brasil.

Receba nossas newsletters