Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.
De acordo com a legislação atual, informamos que a nossa empresa NÃO utiliza cookies para melhorar experiências a quem nos acessa. Por favor leia nossa Política de privacidade e saiba mais sobre a transparência e Governança Corporativa da nossa organização.
OK

Destinos / Hotelaria / Turismo em Dados

Ocupação hoteleira chega a 75% em ‘destinos de inverno’ no Rio de Janeiro

A chegada do inverno e as férias de julho proporcionaram um aumento da ocupação hoteleira em destinos de inverno no Rio de Janeiro, chegando 75% em alguns municípios, como Petrópolis, na região turística de Serra Verde Imperial, e Conservatória, distrito de Valença, no Vale do Café. Os dados são da Associação de Hotéis do Rio de Janeiro (ABIH-RJ)

PETRÓPOLIS_FERIAS SEGURAS2 - new version

Houve um aumento na média geral da ocupação hoteleira no Estado, de 35% em junho para 60,4% em julho

Outras cidades também se destacaram, como, por exemplo, Vassouras, na região turística Vale do Café, que registrou 70%; Itatiaia, em Agulhas Negras, com 55%; e Teresópolis e Nova Friburgo, na Serra Verde Imperial, que marcaram, respectivamente, 50% e 37,5% de ocupação. Além disso, houve um aumento na média geral, de 35% em junho para 60,4% em julho.

“Estamos trabalhando para fortalecer o interior do Estado como destino turístico, preparando os municípios por meio de capacitações e com diálogo direto, para entender e saber suas demandas. Nosso foco é preparar o Estado para a retomada e ver municípios como Petrópolis chegando a 75% de ocupação hoteleira é a certeza de que estamos no caminho certo”, disse o secretário de Turismo do Estado do RJ, Gustavo Tutuca.

O presidente da ABIH-RJ, Paulo Michel, destacou a importância de fomentar o turismo através de projetos como o Férias RJ, campanha lançada recentemente focada na promoção de destinos do Rio de Janeiro nas férias de julho. “O estado tem muitas belezas a serem exploradas ao longo de todo o ano. Ações como o Férias RJ, assim como nosso programa de capacitação de operadores de viagens, ProCap, são fundamentais para fomentar o turismo no interior e acelerar a retomada do setor”.

Receba nossas newsletters