Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.

Institucional / Opinião

EDITORIAL – Força, Rio Grande do Sul

PHOTO 2023 03 29 12 06 38 EDITORIAL - Força, Rio Grande do SulTenho quase 30 anos de história no Turismo e posso dizer que nunca vi nada igual! E não estou aqui falando só da maior catástrofe climática da história do Rio Grande do Sul, que já deixou centenas de mortos e feridos, bem como milhares de desabrigados. E sim da solidariedade do povo brasileiro justamente com todos os afetados pela maior enchente da história do estado. De um lado, uma notícia muito triste e que deixa todo mundo angustiado, com o coração apertado. Do outro, um motivo para sorrir ao ver milhões de pessoas se organizando para doar e prestar toda a assistência a todos que precisam de nós neste momento!

Reconheço que este espaço para meu artigo quinzenal é feito para comentar, criticar, elogiar e debater as mais variadas questões do Turismo brasileiro. Poderia estar aqui hoje comentando sobre a espera em relação ao visto eletrônico mexicano, que iria entrar em vigor no começo de maio, ou até mesmo destacando o sucesso do IPW 2024, a maior feira de Turismo dos Estados Unidos, que aconteceu em Los Angeles no começo do mês. Mas, desta vez, não! Este espaço está inteiramente dedicado à solidariedade!

O Grupo Globo lançou um site especial https://www.paraquemdoar.com.br/ em que reúne apenas as entidades oficiais e as mais sérias que estão na linha frente desta reconstrução do Rio Grande do Sul. Abro espaço também para os animais, que têm a sorte de contar com o Grupo em Resposta a Animais em Desastres https://gradbrasil.org.br/, responsáveis por um trabalho incrível. Nós, do Turismo, temos a capacidade de nos unir uma vez mais, mas desta vez para doar o que tiver e o que puder. Não são só as ONGs e o governo, mas grandes empresas do Turismo estão se mobilizando para arrecadar doações, incluindo os grandes aeroportos.

Destaco aqui a importância, a responsabilidade social e a decisão mais do que acertada das companhias aéreas Azul, Gol e Latam em criarem uma malha aérea emergencial, com mais de 110 voos semanais, justamente para criar uma rota capaz de escoar alimentos, medicamentos, roupas e mais doações, assim como transportar aqueles que mais precisam pelos principais aeroportos do Rio Grande do Sul e do Paraná que estão aptos a receber operações.

Feliz e honrado de ver o povo brasileiro unido em prol da reconstrução do Rio Grande do Sul, mas profundamente tocado e triste pelos gaúchos que infelizmente perderam suas vidas e/ou seus bens. Força, Rio Grande do Sul, estamos todos com vocês!

Roy Taylor é presidente e CEO do MERCADO & EVENTOS.

Receba nossas newsletters