Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.

Serviços

Tour House planeja dobrar faturamento em 2019 com nova ferramenta

Mateus Passos, diretor de eventos da Tour House (Foto: Guto Marcondes)

Mateus Passos, diretor de eventos da Tour House (Foto: Guto Marcondes)

A Tour House Eventos planeja dobrar seu faturamento com a criação e implementação do Single Point of Event Controller (S.P.E.C), sistema que visa suprir a carência de grandes empresas executoras de eventos. Do total de R$ 130 milhões em vendas da Tour House Eventos em 2018, cerca de R$ 50 milhões serão gerenciados por meio do sistema. Para 2019, a projeção é superar os R$ 100 milhões.

“O mercado de eventos corporativos movimenta mais de R$ 10 bilhões anualmente. A maior parte desse montante é gerenciada com planilhas e o fluxo de contratação é viabilizado por e-mail, o que impede que as empresas tenham um gerenciamento preciso dos seus investimentos em eventos e reforça a carência de sistemas de gestão”, comenta Mateus Passos, diretor da área na Tour House.

Com a implementação do sistema, a participação dessa área na receita do Grupo Tour House avançou de 30% para 36% em um ano. “Entre julho de 2017 e junho de 2018, a unidade de negócio cresceu 84%, bem acima da média de 70% registrada pelo grupo”, afirma. Para o próximo ano, a empresa estima conquistar cinco novos clientes.

Em desenvolvimento pela equipe interna desde agosto de 2017, o S.P.E.C. oferece diagnóstico completo ao cliente e permite acompanhar todo o processo comercial, como gerir dados sobre o tamanho do evento, fluxo de aprovação, além de apontar o status do contrato.

“A ferramenta apresenta alto grau de usabilidade e customização, fornecendo informações em tempo real desde a concepção até a finalização do serviço. Painéis e gráficos mostram os indicadores e métricas para alcançar os objetivos”, acrescenta Passos.