Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.

Destinos / Serviços / Tecnologia / Turismo em Dados

Maioria dos brasileiros revela que se desconectar nas férias provoca mais estresse e ansiedade

Woman sitting on plane with mobile phone shutterstock 312677084 1 Maioria dos brasileiros revela que se desconectar nas férias provoca mais estresse e ansiedade

De todos os entrevistados que se declararam empresários, 41% acredita ser praticamente impossível se desconectar por mais de meia hora dos seus telefones e se mantém ativos em todo o período de viagem (Shutterstock)

Um estudo recente encomendado pela Priority Pass e executado pela Dynata revelou que nem durante as férias o brasileiro considera se desconectar, muito pelo contrário, 61% dos entrevistados revelou que o celular desligado provoca mais estresse e ansiedade, o que torna muito mais complicado conseguir relaxar durante as férias.

Essas respostas mostram que o Foso, uma sigla em inglês para Fear of Switching Off (medo de se desconectar), está cada vez mais comum entre os brasileiros. Entre as preocupações mais latentes das pessoas está o medo de perder mensagens importantes, principalmente sobre o trabalho, e a situação se agrava quando se analisa o perfil dos empreendedores.

De todos os entrevistados que se declararam empresários, 41% acredita ser praticamente impossível se desconectar por mais de meia hora dos seus telefones e se mantém ativos em todo o período de viagem. “Todos nós sabemos que poder se desligar e fugir do estresse do dia a dia é mais importante do que nunca e é por isso que muitos recorrem a viagens. Entretanto, de acordo com nossa pesquisa, o Foso é algo muito real”, disse Christopher Evans, CEO da Collinson International.

“Todos nós sabemos que poder se desligar e fugir do estresse do dia a dia é mais importante do que nunca e é por isso que muitos recorrem a viagens. Entretanto, de acordo com nossa pesquisa, o Foso é algo muito real”

Em contrapartida, a pesquisa mostra que a estabilidade de um emprego permite que a pessoa se desconecte com mais facilidade. 26% das pessoas empregadas acha muito fácil se desconectar de assuntos de trabalho durante as férias e 48% dessas pessoas opta por desconectar e-mails e aplicativos de mensagens relacionadas a trabalho durante os períodos fora do escritório.

TEMPO DE FÉRIAS – Em relação ao período de férias, a pesquisa também traz um dado interessante, cerca de 20% dos entrevistados acreditam que precisa de três a quatro semanas para se sentirem plenamente relaxados, em comparação, apenas 10% dos estrangeiros apontam o mesmo período como ideal, para a maioria dos estrangeiros no máximo duas semanas é o tempo ideal para o afastamento do trabalho.

PRAIAS – Por exemplo, para 38% dos brasileiros entrevistados, quando o objetivo é relaxar o destino precisa ter praia, em contrapartida apenas 34% dos estrangeiros entrevistados apontaram praias como locais relaxantes. Para 38% dos brasileiros as férias começam na escolha pelo local, e 81% das pessoas acredita que a viagem começa nos lounges dos aeroportos e que essa experiência é fundamental para ajudar no processo de desconexão.

Receba nossas newsletters
 

Todo o conteúdo produzido pelo Mercado & Eventos é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo sem autorização do Mercado & Eventos.

Para compartilhar esse conteúdo, utilize uma das formas de compartilhamento dentro da página.