Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.
De acordo com a legislação atual, informamos que a nossa empresa NÃO utiliza cookies para melhorar experiências a quem nos acessa. Por favor leia nossa Política de privacidade e saiba mais sobre a transparência e Governança Corporativa da nossa organização.
OK

Destinos

Movimento em bares e restaurantes de Petrópolis (RJ) cresce 30% em julho

Petrópolis Wania Corredo MTur

A rede hoteleira que trabalha com 70% da capacidade já opera com lotação nos finais de semana (Wanie Corredo/MTur)

O movimento nos restaurantes e bares de Petrópolis (RJ) – ainda seguindo limitações de público e regras sanitárias – aumentou pelo menos 30% durante o 12º Festival de Fondue, que segue até o dia 31 de julho. A rede hoteleira que trabalha com 70% da capacidade já opera com lotação nos finais de semana. Reservas concorridas e filas de espera também estão de volta no polo gastronômico formado por mais de 180 bares e restaurantes.

“Petrópolis foi reconhecida pelo Ministério do Turismo como um dos 22 destinos sanitariamente seguros listados no Guia Viagem em Família e isso ainda durante a pandemia. A cidade controlou as entradas e os hotéis e restaurantes seguiram rígidas regras, o que proporcionou que o setor se mantivesse atuante. Agora, já vivemos uma flexibilização maior, mas as condições sanitárias são seguidas fielmente porque queremos receber visitantes sem descontinuidade”, afirma o presidente do Petrópolis Convention e Visitors Bureau, Fabiano Barros.

Para o secretário de Turismo de Petrópolis, Samir El Ghaoui, a temporada de inverno foi impulsionada com a realização do Festival Gastronômico da Bauernfest, que terminou no último dia 4 e foi um enorme sucesso. “Com ele, movimentamos toda a cadeia produtiva do setor. Agora, com o Festival de Fondues, Racletes, Caldos e Cremes, nosso calendário vai se consolidando e oferecendo excelentes alternativas para o turista e para o petropolitano, uma aventura gastronômica, que se encaixa perfeitamente com o frio típico da Serra na estação”, destaca.

Receba nossas newsletters