Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.

Parques e Atrações

Disney comemora crescimento e homenageia operadoras brasileiras; veja fotos

Luiz Araujo Jr., Jeff Van Langeveld e Angel Sarria, da Disney

Luiz Araujo Jr., Jeff Van Langeveld e Angel Sarria, da Disney

SÃO PAULO – A Disney reuniu parceiros na noite desta quinta-feira (4), no Theatro Municipal de São Paulo, para celebrar os bons resultados obtidos no ano de 2018. A companhia registrou um crescimento de 30%, número referente ao ano fiscal, que se encerrou em setembro. A participação das operadoras e agências de viagens neste resultado foi destacada pelos executivos presentes na solenidade.

Veja abaixo as fotos do evento
Operadoras aprovam mudança no sistema de ingressos; confira

“Eu estou aqui para dizer obrigado a todos vocês. Eu sei que trabalharam duro todos os dias para nos trazer estes clientes. Foi um ano fantástico para nós e especialmente para o mercado brasileiro”, destacou Jeff Van Langeveld, vice-presidente de Marketing e Vendas da Disney Destinations. “Vocês têm uma importância enorme no sucesso deste mercado, que é um mercado muito importante e continuará a ser”, completou

Em forma de agradecimento, os executivos da Disney premiaram oito operadoras responsáveis por grande parte das vendas do segmento B2B no Brasil. “Aqui temos quase 100% das vendas por meio de agências, por isto estes parceiros representam muito. Sabemos que existem outros parceiros, mas aqui estão os clientes que trabalham o ano inteiro e ajudam a gente a alcançar estas metas”, afirmou Luiz Araujo Jr., gerente de vendas da Disney Destinations para o Brasil.

Entre as operadoras premiadas estiveram grandes nomes do mercado, como CVC, Flytour MMT, New It, Azul Viagens, RCA, Trade Tours e Agaxtur. As empresas homenageadas receberam um troféu inspirado em Toy Story Land, a mais nova atração do Disney’s Hollywood Studios.

Durante a premiação, o diretor de Marketing e Vendas da Disney para a América Latina, Angel Sarria, destacou os bons números e a nova divisão do mercado latino-americano, que desde agosto passou a contar com duas equipes: uma para países de língua espanhola e outra para o Brasil, considerado o principal mercado na região.

GALERIA