Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.

Agências e Operadoras / Feiras e Eventos

Com crescimento no nacional, Schultz já ultrapassa números pré-pandemia

Aroldo Schultz, CEO da Schultz Operadora

Aroldo Schultz, CEO da Schultz Operadora

ÁGUAS DE LINDÓIA – De olho no mercado nacional, a Schultz Operadora demonstra uma recuperação consistente e já supera números pré-pandemia. Em 2019, a operadora vendia 90% internacional e apenas 10% nacional. Com as restrições de viagens de diversos países, o cenário se inverteu e o nacional representa hoje 90% das vendas da empresa.

Segundo Aroldo Schultz, CEO da operadora, em entrevista ao M&E nesta Aviesp Expo, a aposta com os roteiros rodoviários “A Europa Brasileira”, que explora o Sul do país em uma viagem de 7 noites, e o “Alagoas Imperdível”, que explora o estado nordestino durante 5 noites tem sido um grande sucesso e o impulsionador para esta mudança.

“Estes roteiros vieram para ficar. Fizemos algo similar em Portugal com os Small Groups e trouxe muito retorno positivo, inclusive nos fez ganhar mercados novos enquanto o país estava fechado para os brasileiros. Vendemos para estadunidenses, para caribenhos, e agora com a liberação para brasileiros, já tivemos passageiros. Os roteiros nacionais já são um sucesso. Para 2021, não temos mais saídas e para 2022 a procura já está bem grande”, afirmou Aroldo.

Nestes roteiros, a operadora ainda lançou uma promoção exclusiva para impulsionar as vendas dos agentes de viagem “Estamos tentando mostrar para o agente de viagem que ele tem uma riqueza que não está explorando: o seu próprio cliente, que pode se tornar um vendedor em potencial. Criamos uma promoção na qual ao montar um grupo de dez pessoas para estes roteiros, o 11° passageiro não paga. O agente pode identificar e oferecer para aquele cliente que tem o potencial de montar um grupo da família ou de amigos essa oportunidade. Todos nos saímos ganhando”, explicou o CEO.

A meta agora é explorar novos destinos em regiões como o Sul e Sudeste, que para Aroldo, ainda tem muito a ser explorados em destinos com potenciais turísticos iminentes, como a Serra Catarinense, São Paulo e Minas Gerais.

Receba nossas newsletters
 

Todo o conteúdo produzido pelo Mercado & Eventos é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo sem autorização do Mercado & Eventos.

Para compartilhar esse conteúdo, utilize uma das formas de compartilhamento dentro da página.