Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.

Agências e Operadoras / Aviação

Gol e CVC realizam primeiro voo corporativo 100% carbono neutro para Maceió

unnamed

Colaboradores da CVC prestes a decolar no voo 100% carbono neutro da Gol, que partiu de Guarulhos rumo a Maceió para a Convenção de Vendas CVC 2022 Moss (Almir Bonfim Jr)

Gol e CVC realizaram o primeiro voo corporativo 100% carbono neutro nessa terça-feira (7), entre Guarulhos e Maceió, onde se realiza até 10 de junho a convenção anual de vendas da CVC. Uma comitiva com 174 colaboradores da operadora decolou às 15h50 no voo G3 9802, com o Boeing 737 MAX, rumo à capital alagoana. A chegada ao aeroporto foi às 18h45. O mesmo viés de impacto neutro no meio ambiente acontecerá com o voo de volta, G3 9801, marcado para às 19h25 do dia 11/06.

O voo de ida contou com speech temático na decolagem, sobre o ineditismo da compensação deste primeiro voo corporativo, e ambas as operações (ida/volta) têm serviço de bordo adaptado: por exemplo, copos plásticos substituídos por água em lata, com descarte apropriado.

“Em primeiro lugar, eu gostaria de parabenizar a CVC, uma parceira de peso da Gol, por meio século de atividades que foram e são fundamentais para o desenvolvimento do turismo no Brasil. Coroar esse momento tão importante com esse primeiro voo 100% carbono neutro comprova que vivemos o agora e miramos o futuro das viagens com olhar atento aos impactos da aviação comercial no meio ambiente e no planeta”, afirma Renzo Mello, diretor de Canais de Vendas da Gol.

Nas duas operações, em parceria com a Gol e a climatech Moss, a CVC assume o custo da compensação de carbono dos voos de ida a Maceió e volta a Guarulhos, neutralizando assim as emissões totais da rota.

“Na CVC Corp, a sustentabilidade é uma das nossas prioridades estratégicas, está nos nossos valores e unimos esforços com nossos parceiros na redução de pegada, que é um dos pilares do REprograma CVC Corp, nosso plano de sustentabilidade. Essa ação nos permite disseminar boas práticas por um mundo mais respeitoso ao meio ambiente, e o fato de ser uma ação inédita com a Gol, para o primeiro voo corporativo da CVC, nos enche de alegria”, celebra Leonel Andrade, presidente da CVC Corp.

De acordo com os cálculos feitos pela Moss, os voos de ida e volta entre São Paulo e Maceió são responsáveis pela emissão de aproximadamente 44 toneladas de CO2. Portanto, para gerar os 44 créditos de carbono necessários para compensação, o equivalente a 276 árvores foi preservado.

Receba nossas newsletters
 

Todo o conteúdo produzido pelo Mercado & Eventos é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo sem autorização do Mercado & Eventos.

Para compartilhar esse conteúdo, utilize uma das formas de compartilhamento dentro da página.