Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.

Agências e Operadoras / Feiras e Eventos / Opinião

OPINIÃO – A retomada do segmento corporativo já começou

Gervasio Tanabe, presidente executivo da Abracorp

Gervasio Tanabe, presidente executivo da Associação Brasileira de Agências de Viagens Corporativas

Numa manhã chuvosa no início de outubro, Igor Tosqui, profissional da área comercial na Scania, uma das maiores montadoras de caminhões do mundo, estava em Congonhas embarcando para Curitiba, iniciando uma longa jornada de viagens aos revendedores da montadora, Brasil afora, após um longo período conversando só por plataformas online. A Scania, gigante multinacional, havia autorizado, então, o reinício das viagens de seus colaboradores. Um sinal emblemático para o setor de viagens corporativas. Emblemático porque, a partir dessa decisão, sabemos que uma gigantesca rede de fornecedores dessa montadora também intensifica suas viagens.

Essa é a dinâmica das viagens corporativas, envolvendo e integrando uma incontável rede de produtos e prestação de serviços, de pessoas e empresas. O viajante corporativo movimenta uma gigantesca cadeia produtiva, desde uma pequena fábrica de peças ao restaurante, passando por aplicativos de mobilidade e seguro-viagem, gerando emprego e renda, com muita segurança e confiabilidade. A Scania é atendida por uma associada Abracorp.

Finalmente boas notícias como essa começam a ecoar no Brasil e no mundo. As viagens e os eventos corporativos estão sendo retomadas, em ritmo até acima do normal. Quando poderíamos imaginar uma empresa realizando uma convenção em janeiro, em pleno inverno europeu ou no verão brasileiro em algum resort ? Pois essas são algumas das novidades do novo normal pós-pandemia.

Os modelos de reuniões híbridas estão consolidando novas dinâmicas de encontros, mais intensos e agora mais inclusivos, envolvendo, ao vivo, profissionais que, em outros tempos, não estariam juntos. O uso dos recursos de transmissão digital ampliou a conexão com públicos maiores ainda para as empresas. Isso é muito positivo, as experiências que temos tido notícia dão conta que o híbrido veio forte, junto com os eventos presenciais, transmitidos on-line, mundo afora, unindo o público virtual com o presencial.oiuNos dados do BI Abracorp, percebemos resultado de recuperação desde abril deste ano e devemos fechar 2021 em níveis de 25% a 30% abaixo de 2019. Um ótimo número se compararmos com o final de ano passado. E as perspectivas são muito otimistas para 2022. Nota-se uma demanda reprimida em todos os setores e a abertura das fronteiras começa a agitar o mercado internacional. O segmento internacional representava cerca de 35% do volume transacionado pela Abracorp.

E como será essa recuperação? Certamente a governança tem uma posição de relevância. Porque essa pandemia trouxe alguns alertas para a sociedade como um todo. Exercer mais o cuidar do próximo, a união, a disciplina e uma crescente preocupação das empresas com as responsabilidades social e corporativa devem elevar o nível das relações B2B a patamares mais duradouros e sustentáveis em todos os sentidos. É nisso que acreditamos e por isso investimos na certificação da ISO 27.001 e no canal de transparência. Dois dos mais importantes quesitos nessa recuperação dos negócios e das empresas.

Alguns segmentos tiveram uma presença e solidez maior durante o período mais aguda da pandemia, como as locadoras, que tiveram relevante participação nos produtos vendidos pelos associados Abracorp, com surpreendente crescimento de 9,5%, de janeiro a setembro de 2021, comparado com 2019. Outro ponto positivo foi a performance da hotelaria da cidade do Rio de Janeiro, em 2021, com crescimento de 14%, de janeiro a setembro, também comparado a 2019.

E temos mais uma excelente notícia, com o patrocínio da Azul e apoio da B2B Reservas dois parceiros que sempre acreditaram e trabalharam pela recuperação das atividades.

A Abracorp realizará no dia 3 de dezembro deste ano, no Hotel Dom Pedro, em Lisboa, a sua tradicional reunião de fim de ano. Sob o tema Protagonismo Sustentável para os Novos Tempos, o encontro unirá os associados em momentos de reflexão e discussão sobre o futuro que buscamos para o setor e também para um caloroso e emocionado encontro. Será o primeiro evento internacional da Abracorp no pós-pandemia.

Por tudo isso, novembro nos traz motivos de sobra para acreditarmos, mais ainda, na recuperação, não abrindo mão da vacinação em massa em toda a população brasileira e mundial e também dos protocolos de higiene. Não podemos relaxar em relação aos cuidados, de nós mesmos e dos que nos cercam.

O mundo das viagens e eventos corporativos está se recuperando.

Gervasio Tanabe é presidente executivo da Associação Brasileira de Agências de Viagens Corporativas.

Receba nossas newsletters
 

Todo o conteúdo produzido pelo Mercado & Eventos é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo sem autorização do Mercado & Eventos.

Para compartilhar esse conteúdo, utilize uma das formas de compartilhamento dentro da página.