Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.

Aviação / Destinos / Fotos

Curaçao inaugura voo direto de São Paulo e espera receber 25 mil brasileiros em 2019; fotos

Durante cerimônia de inauguração, representantes falaram sobre as expectativas para a nova rota e agradeceram a presença dos convidados

Durante cerimônia de inauguração, representantes falaram sobre as expectativas para a nova rota e agradeceram a presença dos convidados


SÃO PAULO –
A Divi Divi Airlines inaugurou neste domingo (16) o voo direto entre São Paulo e Curaçao. Saindo do Aeroporto Internacional de Guarulhos, a primeira viagem contou com 120 pessoas a bordo, entre delegação de Curaçao, agentes e operadores convidados, uma vez que o voo não estava aberto a vendas ainda.

Veja a galeria de fotos abaixo

Num B737-800 sob leasing da Corendon Airlines, com capacidade para 187 pessoas, o novo voo regular operado pela companhia aérea Divi Divi Airlines contará com uma frequência semanal, com partida apenas aos domingos, às 11h00, e retorno aos sábados, às 10h00. No futuro, existe a possibilidade de aumentar a frequência dos voos se a demanda crescer como esperado.

O ministro do Desenvolvimento Econômico de Curaçao, Steven Martina, acredita que esse novo voo direto atrairá ainda mais brasileiros ao destino. “Esperamos que com a nova rota cada vez mais brasileiros possam ir a Curaçao, já que o voo direto facilitará essa conexão. Números mostraram um cenário positivo e interessante, as viagens do Brasil aumentaram 25% nos dez primeiros meses deste ano, se comparado ao ano anterior. Em 2018, Curaçao recebeu 16 mil turistas brasileiros e , para o próximo ano, queremos superar a meta de 25 mil brasileiros.”

Mais de 50% dos turistas brasileiros que visitam Curaçao residem no estado de São Paulo e, além disso, são os que mais gastam diariamente na ilha caribenha (cerca de 250 dólares por dia). Por isso a nova rota é um importante marco para a economia do destino. “A nova rota entre Guarulhos e Willemstad permitirá que mais brasileiros conheçam as maravilhas de nossa ilha.” afirmou Steven Martina.

Para João Pita, gerente de Negócios Aéreos do GRU Airport, o que o Brasil precisa é de mais conectividade. “Atualmente temos 100 destinos diretos, precisamos de pelo menos mais 50 ou até mesmo mais 100 destinos, isso atrai o viajante. Cada vez que operamos uma nova rota, a demanda para aquele destino aumenta. Nós estamos estimulando o turismo de Curaçao, se diminuímos o tempo pela metade, a demanda multiplica. Antes, o viajante levava mais de dez horas para chegar em Curaçao, com o voo direto, o trajeto é feito em apenas seis horas.”

A inauguração contou com a presença ilustre de políticos, empresários, colaboradores, agentes e operadores de viagens. A cerimônia comandada por José Roberto Maluf, presidente do Grupo Spring, teve breves discursos dos representantes das empresas responsáveis pela criação da nova rota.

GALERIA: