Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.
De acordo com a legislação atual, informamos que a nossa empresa NÃO utiliza cookies para melhorar experiências a quem nos acessa. Por favor leia nossa Política de privacidade e saiba mais sobre a transparência e Governança Corporativa da nossa organização.
OK

Aviação

Justiça de São Paulo suspende leilão de ativos da Avianca Brasil

Após aprovação do novo plano de recuperação judicial, Avianca vive expectativa por leilão de ativos e possível reintegração de posse das aeronaves

Leilão aconteceria nesta terça-feira (7)

O leilão dos ativos da Avianca Brasil, marcado para esta terça-feira (7), foi suspenso pela Justiça de São Paulo. A medida foi tomada por liminar despachada pelo desembargador Ricardo Negrão, da 2ª Câmara Reservada de Direito Empresarial, acatando pedido da Swissport Brasil, protocolado na última sexta-feira (3). Agora, o leilão está suspenso até o julgamento do recurso da Swissport Brasil, credora de valor superior a R$ 17 milhões.

Entenda o que está em jogo na recuperação judicial da Avianca Brasil

O leilão das UPIs seria dividido em três blocos. Duas das UPIs (UPI A e UPI B) serão leiloadas por um valor mínimo de US$ 70 milhões (R$ 270 milhões) cada uma. Também será leiloado um grupo de três UPIs por no mínimo US$ 70 milhões. A estimativa da Elliot é arrecadar ao menos US$ 230 milhões (R$ 890 milhões).

Caso alguma das UPIs não seja arrematada, será necessária uma nova Assembleia Geral de Credores para definir a venda do restante. O valor arrecadado será usado primeiramente para a quitação de dividas trabalhistas até um limite de R$ 650 mil por credor trabalhista.

Seis UPIs, denominadas A, B, C, D, E e F, englobam horários de pouso e decolagem nos aeroportos de Guarulhos, Santos Dumont e Congonhas, além de parte dos funcionários da Avianca Brasil. A UPI A, primeira das divisões, conta com dez pousos e dez decolagens em Guarulhos, sete pousos e decolagens no Santos Dumont e 11 pousos e dez decolagens em Congonhas.

Receba nossas newsletters