Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.
De acordo com a legislação atual, informamos que a nossa empresa NÃO utiliza cookies para melhorar experiências a quem nos acessa. Por favor leia nossa Política de privacidade e saiba mais sobre a transparência e Governança Corporativa da nossa organização.
OK

Cruzeiros

Surto de Covid-19 adia estreia do Odyssey of the Seas

630x355

O Odyssey of the Seas estava programado para realizar um cruzeiro simulado no final de junho e ser lançado em Fort Lauderdale no dia 3 de julho

A estreia do Odyssey of the Seas em Fort Lauderdale, na Flórida, foi adiada para o fim de julho devido a um surto de Covid-19 entre os membros da tripulação. De acordo com um comunicado oficial da Royal Caribbean, oito tripulantes testaram positivo para a doença durante os testes de rotina, apesar de todos os funcionários a bordo do navio já terem sido totalmente vacinados até o dia 4 de junho.

Dos oito tripulantes infectados, seis são assintomáticos e dois relataram sintomas leves. A armadora imediatamente colocou os funcionários em quarentena e está usando oficiais de saúde para monitorar a situação. Como resultado, todos os membros da tripulação foram colocados em quarentena por 14 dias.

O Odyssey of the Seas estava programado para realizar um cruzeiro simulado no fim de junho e ser lançado em Fort Lauderdale no dia 3 de julho. O navio estava inicialmente previsto para partir de Israel em 2 de junho, mas os distúrbios na região forçaram a linha de cruzeiros a cancelar a viagem.

“Nossa maior prioridade é o bem-estar de nossos hóspedes, tripulação e destinos que visitamos, portanto, estamos adiando a estreia do Odyssey até 31 de julho. Isso afeta as viagens previamente anunciadas do navio a partir de 3 de julho, e um cruzeiro de simulação ainda ocorrerá antes de zarpar. Estamos entrando em contato com os hóspedes afetados e parceiros de viagem para ajudá-los em suas opções”, disse a Royal Caribbean.

Fonte: TravelPulse

Receba nossas newsletters