Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.

Destinos

Nova variante fecha fronteiras e liga alerta de autoridades globais

Profissionais do Turismo do Rio de Janeiro entram no grupo de prioridades

A Agência de Segurança Sanitária britânica disse que a variante, chamada de B.1.1.529, tem uma proteína spike que difere drasticamente das do coronavírus original, no qual foram baseadas as vacinas

Reino Unido, Cingapura e Japão são os primeiros países a adotar medidas de quarentena mais rígidas e proibir voos provenientes da África do Sul e países vizinhos por conta de uma nova variante de Covid-19 identificada no continente, ainda mais grave, que já se espalha pela África do Sul e que pode tornar as vacinas menos eficientes. Autoridades globais reagiram com alarme a nova variante, incluindo a União Europeia (UE).

A Agência de Segurança Sanitária britânica disse que a variante, chamada de B.1.1.529, tem uma proteína spike que difere drasticamente das do coronavírus original, no qual foram baseadas as vacinas. Por conta disso, o Reino Unido, por exemplo, já está proibindo temporariamente os voos provenientes da África do Sul e de outros cinco países. Os viajantes britânicos vindos desses lugares precisarão fazer quarentena.

A nova variante tem mutações que podem evadir a resposta imunológica gerada tanto pelas infecções anteriores quanto pela vacinação, e também mutações associadas com uma maior infecciosidade. “O que sabemos é que há um número significativo de mutações, talvez o dobro do número de mutações que vimos na variante Delta”, afirmou o secretário de Saúde do Reino Unido, Sajid Javi,  à imprensa.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) disse que levará algumas semanas para entender o impacto da nova variante, enquanto os cientistas trabalham para determinar o quão transmissível ela é. A variante é muito diferente das outras que surgiram até agora. Os cientistas disseram que é a versão mais mutada até então, o que significa que as vacinas, que foram projetadas com a cepa original de Wuhan, podem não ser tão eficazes.

Fonte: Agência Brasil e BBC

Receba nossas newsletters
 

Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize o link https://www.mercadoeeventos.com.br ou utilizando uma das formas de compartilhamento dentro da página. Todo o conteúdo produzido pelo Mercado & Eventos é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo sem autorização.