Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.
De acordo com a legislação atual, informamos que a nossa empresa NÃO utiliza cookies para melhorar experiências a quem nos acessa. Por favor leia nossa Política de privacidade e saiba mais sobre a transparência e Governança Corporativa da nossa organização.
OK

Agências e Operadoras

União jurídica de Abav-SP e Aviesp será em setembro; entidade terá 600 associados

Fernando Santos, presidente da Abav-SP, e Marcos Lucas, presidente da Aviesp

Fernando Santos, presidente da Abav-SP, e Marcos Lucas, presidente da Aviesp

Agora é oficial. Na tarde desta segunda-feira (19) os associados da Associação das Agências de Viagens Independentes do Estado de São Paulo (Aviesp) aprovaram por unanimidade a união com a Abav-SP. A partir de setembro as agências de viagens associadas a Aviesp passarão a fazer parte dos quadros da Abav-SP. A fusão, segundo os dirigentes, tem como objetivo imprimir uma só voz e ações unificadas em todo o estado e faz com que a nova Abav-SP tenha cerca de 600 associados.

“Estamos há algum tempo e trabalhando para que esta união se tornasse realidade. Faltava o último passo que era a união propriamente dita”, explicou o presidente da Abav-SP, Fernando Santos. Ele lembrou que o início desta união aconteceu na gestão de Edmar Bull na Abav e William Périco na Aviesp, quando em julho de 2011 a entidade do interior levou sua sede para dentro do escritório da Abav. “Na época, chegou-se a conclusão de que não fazia mais sentido ter duas entidades. Então, foi feito um projeto de longo prazo que culminou aqui”, complementou.

O presidente da Aviesp, Marcos Lucas reiterou que durante esta última etapa, que foi a votação pela dissolução jurídica da associação não houve nenhum questionamento, uma vez que a comunicação foi muito bem feita no decorrer dos últimos dois anos. “A união foi muito bem compreendida. Sem clichê, mas entendemos que unidos somos mais fortes. Estamos, então, unindo esforços para que tenhamos mais representatividade e que as agências saiam fortalecidas”, explicou.

Magda Nassar, presidente da Abav Nacional, esteve presente na coletiva de imprensa e deu as boas vindas aos associados Aviesp. Para ela, esta união representa uma visão de futuro das entidades e mostra a importância do setor estar unido. “Não há motivos para as entidades se separarem. A Abav-Sp é a mais importante do País e vamos fortalecê-la e cuidar como tem sido ao longo dos anos”, destacou.

Magda Nassar, presidente da Abav Nacional, parabenizou Abav-SP e Aviesp pela união

Magda Nassar, presidente da Abav Nacional, parabenizou Abav-SP e Aviesp pela união: “visão de futuro”

Em sua fala, a dirigente foi ainda mais longe. Ela comparou o Brasil com outros mercados que possuem uma só entidade para representar a indústria do turismo, como Estados Unidos e Canadá, por exemplo. “Não estamos falando das agências, mas de  uma indústria e que pode ser muito  mais poderosa”, deixando em aberto a possibilidade de uma associação única para o setor no futuro.

EVENTOS

Marcos Lucas falou também da 43º Aviesp Expo, que está marcada para os dias 1 e 2 de setembro. A princípio ela será a última realizada pela entidade. Após isso, ele afirmou que a condução das feiras ficará a cargo da Abav Nacional e o papel da nova Abav-SP será unir esforços para fortalecer o evento. “Vamos realizar a feira neste segundo semestre, dependendo do avanço da vacinação podemos mudar a data, mas ela acontecerá este ano”, reiterou.

Outro evento de sucesso da Aviesp é a sua convenção anual. Segundo presidente da Abav-SP, Fernando Santos, ele será incorporado, mas passará por mudanças, uma vez que agora o número de associados é maior. “Vamos repensar o modelo, mas gostaríamos de melhorar o que já está tendo sucesso”, definiu.

A AVIESP

A entidade foi criada, inicialmente, como uma dissidência da Abav-SP há 40 anos. No dia 18 de dezembro de 1982 nascia a Aviesp com o objetivo de dar vazão às demandas das agências de viagens do interior paulista, o segundo maior emissor de viagens do país, atrás apenas da capital. Com a decisão dos associados na Assembleia, a partir de setembro ela deixará de existir e passará a integrar novamente a Abav-SP.

Este histórico fez com que as entidades garantissem que o interior será também protagonista nesta nova fase. A mudança de estatuto da Abav-SP, no fim de 2020, estabeleceu a obrigatoriedade de que metade da diretoria seja composta por membros do interior de São Paulo, regra válida inclusive para o cadastro de chapas nas eleições.

HISTÓRICO

O projeto de fusão teve várias etapas e começou há dez anos, quando a entidade do interior mudou a sua sede para a capital e passou a compartilhar o mesmo espaço da Abav-SP. Na prática, Abav-SP e Aviesp já trabalham juntas há 19 meses, quando fizeram a união operacional de suas equipes em janeiro de 2020. Em fevereiro aconteceu a fusão das redes sociais e em março a unificação dos benefícios. Neste período, as associações também se prepararam juridicamente para a chegada deste momento, com a mudança nos estatutos e a Assembleia realizada ontem. Neste ano, em fevereiro, foram unificados os grupos de whats app e, desde junho, foram realizadas reuniões com os associados para apresentar os detalhes da unificação.

Marcos Lucas reiterou, por fim, que não é o fim da Aviesp, uma vez que as ações e filosofia de trabalho serão incorporadas. Ele explicou que por uma questão jurídica o CNPJ será encerrado, mas que o trabalho segue como antes e, agora, com ainda mais força dentro da Abav-SP.

Receba nossas newsletters