Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.
De acordo com a legislação atual, informamos que a nossa empresa NÃO utiliza cookies para melhorar experiências a quem nos acessa. Por favor leia nossa Política de privacidade e saiba mais sobre a transparência e Governança Corporativa da nossa organização.
OK

Aviação / Brasil

Virgin recebe autorização da Anac para operar no Brasil

Virgin inicia operações no Brasil em março

Virgin inicia operações no Brasil em março

A Virgin Atlantic recebeu autorização da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para operar no Brasil. A decisão foi publicada na edição desta quinta-feira (20) do Diário Oficial da União. A companhia irá operar a rota Londres-Guarulhos a partir de março de 2020. Antes, entretanto, a companhia deverá registrar seus voos na Agência.

A Virgin havia anunciado a nova rota em março do ano passado e iniciou as vendas em setembro, mês em que também confirmou seu codeshare com a Gol. E o novo voo marca entrada da Virgin não só no mercado brasileiro, mas também na América Do Sul. A expectativa é de que além do voo, a Virgin Holidays, operadora do grupo Virgin, lance uma uma oferta completa de produtos no Brasil pela primeira vez, incluindo Foz do Iguaçu, Amazonas, além de Rio de Janeiro e Santa Catarina.

No início deste mês, a aérea espanhola Air Nostrum anunciou que vai operar rotas domésticas regionais a partir do segundo semestre de 2020. Além dela, Norwegian, SKY, Flybondi e Jetsmart já iniciaram voos internacionais para o Brasil no modelo low cost (baixo custo).

A abertura de empresas que operam voos domésticos ao capital estrangeiro foi permitida a partir de junho de 2019, com a publicação da Lei nº 13.842/19, que eliminou limites de investimento internacional em companhias que pretendem atuar no país. Antes, o Código Brasileiro de Aeronáutica determinava que pelo menos 80% do capital com direito a voto nas aéreas deveriam pertencer a brasileiros – ou seja, restringia a 20% a participação

Receba nossas newsletters