Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.

Cruzeiros / Destinos / Feiras e Eventos

BTL: Construção do Home Port de São Sebastião-SP começa em 2020, diz secretária

Adriana Balbo, secretária de Turismo de São Sebastião, visitou o estande do M&E

Adriana Balbo, secretária de Turismo de São Sebastião, visitou o estande do M&E

LISBOA – O projeto do Home Port de São Sebastião, em São Paulo, para receber cruzeiros marítimos aos poucos vai saindo do papel. O selo do Prodetur +Turismo, por exemplo, já foi conquistado, o projeto técnico está pronto e a licença ambiental segue em andamento. De acordo com a secretária de Turismo de São Sebastião, Adriana Balbo, que participa da BTL 2019, até o ano que vem a construção do Home Port deve ter início.

“Atualmente, os cruzeiros que chegam a São Sebastião param no meio do canal e os turistas são direcionados a Ilhabela através de embarcações. Com a construção do Home Port, os cruzeiros marítimos atracarão diretamente em São Sebastião e poderão conhecer as 42 praias de nossa região”, disse Adriana. “O investimento já começou, estamos conversando com armadoras e sempre participando da Seatrade, a grande feira do setor em Miami”.

Nesta BTL 2019, a secretária afirmou que a ideia é promover ainda mais o destino no exterior, já que há facilidades para os turistas chegarem através dos aeroportos de São Paulo e Rio de Janeiro. “Temos 42 praias acessíveis e várias ilhas que pertencem a São Sebastião. O Arquipélago de Alcatrazes, por exemplo, foi reaberto após 20 anos. Temos ainda diversos atrativos na área de mergulho, ecoturismo, bird watching, a maior comunidade indígena de São Paulo, cachoeiras, seis mil leitos de hospedagem e um centro histórico conservado”, revelou Adriana.

O investimento em presstrips e famtrips continuará em 2019. “Recebemos sempre muitos jornalistas e agências durante o ano todo, sem falar em nosso investimento em feiras”, frisou Adriana, que ainda contou sobre uma tendência que cresce a cada dia na região. “Recebemos de 40 a 50 casamentos na cidade por semana, o que acaba enchendo nossos hotéis e movimentando a economia. É um produto turístico que cresce muito”, finalizou.

O M&E viaja com proteção GTA