Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.
De acordo com a legislação atual, informamos que a nossa empresa NÃO utiliza cookies para melhorar experiências a quem nos acessa. Por favor leia nossa Política de privacidade e saiba mais sobre a transparência e Governança Corporativa da nossa organização.
OK

Destinos / Política

Angra dos Reis entra em projeto do MTur para desenvolver destinos inteligentes

Angra dos Reis - Orla Praia do Anil - Foto Daniel R Carneiro

Angra dos Reis – Orla Praia do Anil – (Foto: Daniel R Carneiro)

A cidade de Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, passa a ser agora uma das dez cidades brasileiras que integram o projeto-piloto de implantação dos Destinos Turísticos Inteligentes (DTI) no país. O projeto é pioneiro e busca estabelecer diretrizes e um formato nacional para transformar cidades turísticas brasileiras em destinos inovadores. E, desta forma, aumentar o desenvolvimento e a competividade nos destinos brasileiros, garantindo melhores experiências aos visitantes.

Com a inclusão de Angra dos Reis, o Ministério do Turismo conclui o processo de seleção dos municípios que vão integrar o projeto-piloto, que servirá de base para o desenvolvimento do modelo metodológico de DTI no Brasil.

O ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, destacou o potencial de Angra dos Reis para o turismo. “O presidente Bolsonaro sempre diz que Angra é a Cancun brasileira. Eu vou mais além. Cancun deveria ser a Angra mexicana porque não temos furacão, não temos maremoto. Temos sim água quente, transparente, translúcida, uma fauna incrível e uma natureza exuberante. E, agora, Angra vai ser um Destino Turístico Inteligente, que permitirá que o turista tenha tudo na mão sobre a cidade”, ressaltou.

O prefeito de Angra dos Reis, Fernando Jordão, comemorou a inclusão da cidade no projeto-piloto. “Essa adesão que Angra fez, a despeito do convite que o governo federal, o presidente Bolsonaro e o ministro Gilson nos fizeram, nós já estamos trabalhando na cidade inteligente. Então, veio a calhar para que a gente possa avançar no turismo inteligente também na cidade de Angra dos Reis”, comentou.

As outras nove cidades que vão participar do projeto para implantação de Destinos Turísticos Inteligentes no país são: Rio Branco (AC) e Palmas (TO) representando a Região Norte; Recife (PE) e Salvador (BA) que integram o Nordeste; Campo Grande (MS) e Brasília (DF), pertencentes ao Centro-Oeste; Florianópolis (SC) e Curitiba (PR), localizadas na Região Sul; e o Rio de Janeiro (RJ), na Região Sudeste.

Receba nossas newsletters