Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.

Hotelaria

Hotéis de Florianópolis apostam em lojas de conveniência inteligentes

Empório  Seletto Jurerê  Beach Village (3). Foto divulgação

Todo o investimento na instalação e funcionamento da estação é por conta da empresa que presta o serviço. O hotel tem apenas que ceder um local apropriado e ainda pode ganhar um percentual sobre as vendas

Seis hotéis de Florianópolis (SC) já aderiram a uma novidade que é tendência mundial: a instalação de lojas de conveniência 24 horas e 100% automatizadas dentro do próprio empreendimento. Os hotéis onde o sistema já está implantado são o Jurerê Beach Village (que foi o primeiro), Ingleses Park Hotel e Ingleses Palace Hotel – e há outros três em fase de teste/avaliação e negociação. A meta é chegar até o final do ano com pelo menos 30 na cidade.

Estão à disposição cerca de 500 itens de alimentação e bebidas (inclusive resfriados e gelados) e de higiene pessoal. Os mais vendidos são: água, bebidas, chocolates, refeições prontas e picolés. A loja não possui atendentes, ou seja, o cliente escolhe o produto e faz o pagamento através de cartão (débito ou crédito) ou Pix, tudo baseado na confiança, dentro do conceito de honest market. O serviço também está beneficiando os moradores da região, já que é aberto ao público em geral.

“Consideramos essa ideia uma verdadeira quebra de paradigma sobre espaços de vendas dentro de hotéis, pois oferece itens que vão se adaptando ao longo da parceria. Mas, principalmente, pelo fato de deixar a loja de conveniência na confiança dos clientes, para pagamento direto, com conforto e praticidade, em todos os horários”, diz o gerente do Jurerê Beach Village, Mário Apollo Frohlich.

Todo o investimento na instalação e funcionamento da estação é por conta da empresa que presta o serviço. O hotel tem apenas que ceder um local apropriado e ainda pode ganhar um percentual sobre as vendas. A empresa também faz todo o controle dos pagamentos e de reposição dos produtos. É realizada, porém, uma análise prévia dos hotéis interessados, para identificar se o negócio é viável. É necessário ter mais de 100 quartos e um fluxo considerável de hóspedes ao longo do ano.

Receba nossas newsletters
 

Todo o conteúdo produzido pelo Mercado & Eventos é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo sem autorização do Mercado & Eventos.

Para compartilhar esse conteúdo, utilize uma das formas de compartilhamento dentro da página.