Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.

Serviços

Nova fase do Pronampe prevê injeção de R$ 50 bilhões de crédito

O mercado de trabalho deverá apresentar um leve crescimento de 0,2% com alta nos segmentos de eventos (4,7%), agências de viagens (2,3%) e transporte aéreo (1%)

O mercado de trabalho deverá apresentar um leve crescimento de 0,2% com alta nos segmentos de eventos (4,7%), agências de viagens (2,3%) e transporte aéreo (1%)

O Projeto de Lei 3.188/2021, que mantém recursos para garantir empréstimos a micro e pequenas empresas por meio do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe), foi sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro.. A medida, que já está em vigor, estende até o fim de 2024 o prazo para uso de verbas que estão no Fundo Garantidor do programa, mas são oriundas do Pronampe Emergencial.

A estimativa do governo é garantir R$ 50 bilhões em crédito para as MPE com o programa, através do sistema financeiro, que agora abrange também microempreendedores individuais. As regras do Programa continuam sendo as mesmas, sendo que agora a norma prioriza os microempreendedores individuais (MEIs), que somam cerca de 13 milhões de pessoas.

“Os pequenos negócios no nosso país vivem, atualmente, um momento de retomada, mas também de aumento da inadimplência. E garantir melhores condições de empréstimos para esse segmento significa proteger o emprego e a renda de milhões de brasileiros. Outra boa notícia é que o MEI passou a ser considerado um público prioritário do Pronampe, esse crédito chega em boa hora”, ressaltou o presidente do Sebrae, Carlos Melles.

Receba nossas newsletters
 

Todo o conteúdo produzido pelo Mercado & Eventos é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo sem autorização do Mercado & Eventos.

Para compartilhar esse conteúdo, utilize uma das formas de compartilhamento dentro da página.