Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.

Destinos

EUA reduzem risco de viagens para o Brasil de ‘muito alto’ para ‘alto’

Estados Unidos usa nik-shuliahin-

Brasil segue constando na lista de países cujos passageiros são impedidos de entrar nos EUA em viagens diretas partindo de seu espaço aéreo

O Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC) diminuiu o nível de alerta para viagens ao Brasil do nível “muito alto” para o “alto”. Agora no nível 3, o CDC orienta que os viajantes certifiquem-se de estar totalmente vacinados. “Os viajantes não vacinados devem evitar viagens não essenciais para esses destinos”, aponta o órgão.

No nível mais elevado de risco, as viagens, no geral, não são recomendadas. Por sua vez, o Brasil segue constando na lista de países cujos passageiros são impedidos de entrar nos EUA em viagens diretas partindo de seu espaço aéreo, exceto por alguns casos. O CDC também orientou os norte-americanos contra viagens para Afeganistão, Albânia, Sérvia, Belize e Lituânia, além de quatro outros destinos.

O nível de orientações de viagem foi aumentado para nove destinos para o nível “muito alto”. O CDC afirmou que os norte-americanos devem evitar viajar para esses locais, que também incluem Granada, São Cristovão e Névis, Eslovênia e Ilhas Maurício.  O CDC também elevou seu rating para Austrália, Romênia e Etiópia para alto.

Receba nossas newsletters