Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.

Destinos / Turismo em Dados

São Paulo e Rio são os destinos mais buscados para o feriado de Páscoa

São Paulo, ao lado de Brasília, se destacam na gastronomia entre os estrangeiros

São Paulo parece no topo da lista, ao lado de Rio de Janeiro.

Um levantamento realizado pelos buscadores Skyscanner e Voopter mostrou que Rio de Janeiro e São Paulo seguem como os destinos de turismo doméstico que despertam o maior interesse entre os brasileiros que desejam viajar na Páscoa, comemorada entre os dias 19 e 21 de abril. Também aparecem na lista Brasília, Belo Horizonte, Salvador, Curitiba, Florianópolis, Porto Alegre e Fortaleza.

A capital argentina, Buenos Aires, aparece como o único destino internacional que integra a lista das dez mais pesquisadas pelos turistas brasileiros para a Semana Santa. Fora do top 10, Manaus se destacou na pesquisa por ser a cidade com o maior crescimento na lista. A capital do Amazonas registrou 103% de crescimento, saindo da 28ª posição em 2018 para o 19ª lugar de janeiro até 20 de março de 2019.

A gerente geral da plataforma de buscas de viagens Voopter, Juliana Vital, apresenta lista semelhante com as pesquisas dos brasileiros para curtir a Semana Santa. O feriadão está entre os que mais movimentam o mercado de turismo, depois do Carnaval. O levantamento do aplicativo brasileiro de comparação de preço de passagens aéreas e promoções pode ser útil para os viajantes que ainda não definiram seu destino. Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília estão entre cidades preferidas dos internautas que acessaram o buscador de viagens.

Na lista figuram ainda Curitiba, Porto Alegre, Recife, Salvador, Fortaleza e Florianópolis. Mais uma vez, apenas a capital da Argentina, Buenos Aires, figura como destino internacional. O levantamento foi realizado entre os dias 1º de janeiro e 15 de março deste ano. As informações ainda proporcionam insights sobre, por exemplo, tendências de viagem e práticas de consumo dos viajantes brasileiros, detectando demandas, prevendo tendências e conhecendo melhor os hábitos do turista e consumidor dos destinos domésticos.