Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.
De acordo com a legislação atual, informamos que a nossa empresa NÃO utiliza cookies para melhorar experiências a quem nos acessa. Por favor leia nossa Política de privacidade e saiba mais sobre a transparência e Governança Corporativa da nossa organização.
OK

Feiras e Eventos / Turismo em Dados

Abracorp: 40% das empresas creem na retomada dos eventos em 2021 aos níveis de 2019

Uma sondagem feita pela Associação Brasileira de Agências de Viagens Corporativas (Abracorp) avaliou a percepção do cliente das TMCs associadas em relação ao retorno das viagens. A pesquisa concluiu que no horizonte, o cenário enseja flexibilização com restrições já incorporadas ao novo normal. E devidamente pautadas pelos protocolos biossanitários.

unnamed (1)

A amostra foi baseada na participação de 100 empresas representativas dos diferentes ramos e portes das corporações atendidas pelas TMCs no país

Tanto é que no campo dos eventos corporativos, 40% das empresas apontam para retomada, em 2021, nos níveis próximos àqueles registrados em 2019. O percentual é similar quando a pergunta recai sobre eventos em 2022. no geral, cerca de 51% dos respondentes tendem à definição para viajar. Outros 29% já flexibilizaram disposição para viagens. E a expectativa agora é com o avanço da vacinação, já que mais viagens poderão ser retomadas.

A amostra foi baseada na participação de 100 empresas representativas dos diferentes ramos e portes das corporações atendidas pelas TMCs no país. E no que tange à flexibilização para viagens internacionais, a indefinição alcança 73% das empresas entrevistadas. No entanto, as perspectivas podem mudar quando as fronteiras serem abertas.

Quanto a pedidos de orçamento para viagens, em 2021, a indefinição paira para apenas 33% dos respondentes. Para 2022, embora indefinição ainda seja elevada, há s atenuante do avanço da vacinação e da redução dos riscos de contágio, que podem estimular o retorno das viagens.

unnamed

64% das empresas fizeram ajustes em sua política de viagens

Em relação à política de viagens, 64% das empresas fizeram ajustes em sua política de viagens. Entretanto, itens relacionados a preço têm relevância calculada em 29,5%. Por outro lado, segurança em protocolos tem maior relevância mensurada em 58,8%.

Receba nossas newsletters