Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.

Destinos / Política

Fornatur elege Otavio Leite e Bruno Wendling para presidência no próximo biênio

Otavio Leite e Bruno Wendling, chapa que presidirá o Fornatur pelos próximos dois anos

Otavio Leite e Bruno Wendling, chapa que presidirá o Fornatur pelos próximos dois anos

SÃO PAULO – Bruno Wendling, presidente da Fundação de Turismo do Mato Grosso do Sul (Fundtur-MS), e Otavio Leite, secretário de Turismo do Rio de Janeiro, compõem a chapa que presidirá o Fórum Nacional de Secretários e Dirigentes de Turismo (Fornatur) pelos próximos dois anos. A chapa foi eleita por aclamação, durante a reunião da entidade, realizada nesta terça-feira (24). Também foram definidos os vice-presidentes regionais para o próximo biênio.

Confira a chapa completa abaixo

No primeiro ano, Bruno será o presidente da entidade tendo Leite como vice. No segundo ano, a chapa se inverte. Não há possibilidade de reeleição, sendo necessária a formação de uma nova chapa no pleito de 2021. Já na condição de eleito, o presidente da Fundtur-MS falou em choque de gestão à frente do Fornatur.

“O Fornatur é um espaço de debate e gestão conjunta. A minha briga sempre foi de trazer um novo modelo de governança para o Fornatur e agora terei essa oportunidade, junto com o secretário do Rio de Janeiro, de liderar o processo durante estes dois anos. Temos a oportunidade de fazer uma gestão compartilhada da maneira como a gente entende”, destacou.

Bruno Wendling foi, junto de Arialdo Pinho, secretário de Turismo do Ceará, o único que se manteve à frente do Turismo de seu estado na mudança de governo, o que faz dele um dos participantes mais antigos do Fornatur. Já Otavio Leite foi indicado ao cargo pelo atual governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, no início do ano. Para os secretários, que aprovaram, a nova chapa será a junção de um nome técnico e um político à frente do Fornatur

A eleição ocorreu após o atual presidente, Hugo Veiga, subsecretário de Turismo do Maranhão, anunciar que não participaria mais da chapa, como planejava inicialmente. Veiga apontou a discordância de parte dos membros do Fornatur na repetição da chapa ao lado de Wendling, destacando que para ele “a entidade precisaria de uma escolha por aclamação e não que a dividisse”.

DEBATE ACALORADO NO FINAL

A aprovação da chapa aconteceu em meio a um debate acalorado no qual participaram quase todos os secretários e dirigentes de Turismo presentes. O debate iniciou com Rodrigo Novaes, secretário de Turismo de Pernambuco, que destacou o pouco espaço para manifestação dos estados durante a reunião.

A opinião foi seguida por diversos secretários, que reclamaram principalmente da estrutura do Fórum e do pouco espaço para o debate de pautas importantes no setor. Foi questionada a falta de espaço para debater questões de interesse coletivo dos estados com o ministro Marcelo Álvaro e com o presidente da Embratur, Gilson Machado Neto, que estiveram presentes ao encontro horas antes.

Após intenso debate, secretários encerraram reunião do Fornatur definindo um novo posicionamento para a entidade

Após intenso debate, secretários encerraram reunião do Fornatur definindo um novo posicionamento para a entidade

A maioria dos secretários cobrou dos novos eleitos uma pressão da entidade para que os estados tenha mais participação nas políticas de promoção criadas pela Embratur, o que de acordo com eles, não ocorreu em nenhuma das ações lançadas nos últimos meses. Pauta que o novo presidente se comprometeu a cumprir.

“A gente precisa de um Brasil posicionado de forma diferente e infelizmente não é o que estamos vendo agora. Tínhamos solicitado que a construção da imagem Brasil fosse feita de forma conjunta com o Fornatur e não foi feita. Há decisões equivocadas de imagem e posicionamento. Vamos pressionar por mudanças, pois ou nos reposicionamos ou ficamos parados no ponto de vista de promoção”, afirmou Bruno Wendling.

Após discussões e espaço para fala, os secretários encerraram definindo as chapas vencedoras e concordando sobre um novo posicionamento da entidade, exercendo mais pressão por pautas de interesse comum e realizando debates maiores sobre as políticas de turismo do setor

CONFIRA A NOVA COMPOSIÇÃO DO FORNATUR

PRESIDÊNCIA

Mato Grosso do Sul – Bruno Wendling
Rio de Janeiro – Otavio Leite

VICE-PRESIDÊNCIAS REGIONAIS*

NORDESTE
Pernambuco – Rodrigo Novae
Rio Grande do Norte – Bruno Giovani

NORTE
Amazonas – Rosele Medeiros
Pará – André Orengel Dias

SUL
Santa Catarina – Flavia Didomenico
Paraná – Rafael Andreguetto

CENTRO-OESTE
Distrito Federal – Vanessa Mendonça
Mato Grosso – Jefferson Preza Moreno

SUDESTE
Espírito Santo – Dorval Uliana
Minas Gerais – Marina Simião

*Os nomes de cima ocuparão a posição no primeiro ano

Receba nossas newsletters