Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.

Parques e Atrações

Hopi Hari pode ter falência decretada

O complexo tem seu futuro indefinido

Parque pode ter todos os seus ativos vendidos

Dois anos depois do pedido de recuperação judicial, o parque de diversões Hopi Hari, localizado em Vinhedo (SP), interior de São Paulo, corre o risco de ter sua falência decretada. Isso porque as renegociações com seus credores não aconteceu, e cada um deles acaba movendo ações paralelas contra o parque.

O plano de recuperação judicial apresentado, em abril de 2018, contemplava apenas os créditos trabalhistas, enquanto os grandes credores ficaram de fora do plano de negociação. No início deste ano, o principal credor, o BNDES, conseguiu na justiça uma ordem para execução do crédito de cerca de R$ 230 milhões que o parque possui. O BNDES pediu então o leilão dos bens do Hopi Hari.

Se o leilão for aprovado, o parque perderá seus ativos e não terá como continuar operando, inviabilizando sua recuperação e levando a empresa à falência

Receba nossas newsletters