Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.

Destinos

“Turista brasileiro é prioridade para o Chile”, afirma Sernatur

O turista brasileiro possui o segundo maior GPDI (gasto médio diário individual) do Chile e é mercado prioritário para o destino.

O turista brasileiro possui o segundo maior GPDI (gasto médio diário individual) do Chile e é mercado prioritário para o destino.

O Chile, destino que é considerado um dos preferidos dos brasileiros quando o tema é neve, confirma o crescimento das demandas de turismo interno e internacional, e constatou que o turista brasileiro é prioridade para o turismo do País.

O aumento da procura se justifica pelas medidas já adotadas e em andamento, além do sucesso no processo de vacinação que já garantiu a cobertura de 90% da população com duas doses (mais de 15,8 milhões) e mais de 10 milhões de pessoas com a dose de reforço (a terceira).

“O Brasil é um mercado prioritário para nós. Nos anos prévios à pandemia, estávamos recebendo a visita de 590 mil turistas brasileiros, com uma expectativa de crescimento muito importante. No ano passado, os brasileiros somaram 70 mil em nosso país. Neste momento, estamos começando a recuperar e temos boas expectativas já para esta temporada de inverno”, afirmou Andrea Wolleter, diretora Nacional do Sernatur – Serviço Nacional de Turismo do Chile.

Destacando ainda mais a importância do turista brasileiro para o destino, o Sernatur revela que o segundo maior GPDI (gasto médio diário individual) do Chile é do brasileiro e soma US$ 95,30, perdendo apenas para o turista chinês, que tem um GPDI de US$ 107.

Andrea Wolleter também reforça a importância da indústria no desenvolvimento econômico do Chile, especialmente na geração de empregos. “O turismo é responsável por quase 7% do total de empregos no Chile, somando, em um ano normal, 650 mil postos de trabalho”, disse a executiva. “Em 2020, houve uma perda de quase 50% destes postos. Parte deles foi recuperada, mais ainda temos cerca de 100 mil empregos diretos a recuperar em nossa indústria”, finalizou.

Receba nossas newsletters
 

Todo o conteúdo produzido pelo Mercado & Eventos é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo sem autorização do Mercado & Eventos.

Para compartilhar esse conteúdo, utilize uma das formas de compartilhamento dentro da página.