Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.

Vai e Vem

VAI E VEM: Confira as principais mudanças no Turismo em 2020

O ano do Turismo foi marcado por diversas mudanças em posições estratégicas no comando de grandes companhias. CEOs, líderes de grandes companhias globais no mercado brasileiro e até troca no Ministério do Turismo marcaram o ano de 2020. O maior número de mudanças aconteceu na gigante brasileira do turismo, CVC Corp, que realizou uma grande reestruturação interna com a demissão de aproximadamente 200 colaboradores.

CONFIRA AS PRINCIPAIS MUDANÇAS

Gilson Machado Neto, Jair Bolsonaro e o ministro Marcelo Alvaro Antônio

Gilson Machado Neto, Jair Bolsonaro e o ministro Marcelo Alvaro Antônio

MTUR – O presidente Jair Bolsonaro demitiu Marcelo Álvaro Antônio do cargo de ministro do Turismo. Ele assumiu o cargo em janeiro de 2019, no início do governo, após ter sido o deputado Federal mais votado em Minas Gerais. Sai Marcelo Álvaro Antônio e entra Gilson Machado Neto. Horas após a demissão de Álvaro Antônio, o atual presidente da Embratur aceitou o convite para assumir a pasta.

EMBRATUR – Carlos Alberto Gomes de Brito tomou posse como presidente da Embratur. No evento, realizado nas dependências da Agência, em Brasília, o então presidente da instituição e recém nomeado ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, entregou a gestão da Agência a Carlos Brito, que já atuava como Diretor de Gestão Corporativa da Embratur.

ACCOR – Patrick Mendes deixou o cargo de CEO da Accor Hotels na América do Sul para assumir o posto de CCO na matriz do Grupo Hoteleiro. Para seu lugar, foi anunciado o belga Thomas Dubaere, que chega ao Brasil para comandar o grupo hoteleiro. Após 10 anos no Reino Unido, primeiro como Managing Director Accor Reino Unido-Irlanda, depois como Chief Operational Officer (COO) Accor Europa do Norte (Reino Unido, Benelux e países Nórdicos), Thomas fez a região crescer com mais de 400 hotéis e 18 marcas.

Thomas Dubaere, novo CEO Accor América do Sul, e Patrick Mendes, CCO Accor Global

Thomas Dubaere, novo CEO Accor América do Sul, e Patrick Mendes, CCO Accor Global

AVIVA – A administradora de Costa do Sauípe, Rio Quente e Hot Park, realizará mudanças em sua gestão, como previsto pelo Conselho de Administração da companhia para este ciclo de três anos. Francisco Costa Neto segue como CEO da empresa até o dia 31 de dezembro e, após esta data, seguirá atuando com as holdings que compõem a Aviva e em projetos pessoais. Em breve, será comunicado o novo nome que assumirá a liderança da companhia.

AMERICAN – Dilson Verçosa e José Roberto Trinca anunciaram suas respectivas saídas da American Airlines através de um comunicado interno divulgado aos próprios colaboradores do time da companhia no Brasil. Verçosa continua como diretor para a América do Sul e Central até janeiro de 2021, ajudando na transição do cargo, enquanto José Roberto Trinca, diretor de Vendas no Brasil para Região Sul e São Paulo, sai agora em agosto.

Dilson Verçosa deixou a diretoria da American Airlines no Brasil

Dilson Verçosa deixou a diretoria da American Airlines no Brasil

DISNEY – Em fevereiro, a Disney anunciou que Bob Chapek, executivo com 27 anos de casa e até então presidente da Disney Parks, Experiences and Products, assumiria como CEO do The Walt Disney Company, substituindo Robert (Bob) Iger. A mudança, no entanto, durou pouco. Iger assumiu o comando novamente em abril para lidar com os impactos da pandemia de Covid-19

BETO CARRERO WORLD – Rogério Siqueira não é mais o diretor-presidente do Beto Carrero World. O executivo deixou o cargo que ocupou nos últimos cinco anos com ” muito orgulho e responsabilidade”. Ainda no primeiro semestre, Siqueira assumiu a Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Santa Catarina, pasta que abriga a Santur.

CVC – A CVC merece um espaço considerável no Vai e Vem do ano de 2020. A empresa passou por uma reestruturação que incluiu troca de CEO, de diretores e a saída de figuras com anos de casa. A principal mudança foi a renúncia de Luiz Fernando Fogaça do cargo de CEO. Para seu lugar, a companhia convidou Leonel Andrade, ex-Smiles, que assumiu o cargo em abril.

Leonel Andrade, CEO da CVC Corp

Leonel Andrade, CEO da CVC Corp

A partir daí uma série de mudanças foram realizadas, como as saídas de Cleiton Feijó e Maurício Favoretto. Luciano Guimarães assumiu o controle das unidades B2B. Fabio Mader, até então diretor executivo de Produtos Aéreos, foi nomeado diretor executivo da CVC Corp para Argentina. Entre os desligamentos de cerca de 200 colaboradores, se destacaram a saída de executivos como Lucimar Reis, Sueli Ruotolo, Orlando Palhares, Emerson Belan e Rodrigo Galvão.

Receba nossas newsletters