Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.

Blogs / Turismo Digital

Atenção, hoteleiros: novas tecnologias do mercado

As novas tecnologias impactam diretamente no setor de turismo e, em particular, na indústria hoteleira.Proprietários e gestores de hotéis enfrentam muitos desafios, especialmente no que se diz respeito à presença e distribuição online num mercado cada vez mais competitivo.

Os hotéis que adotarem as novas tecnologias com mais rapidez, terão mais sucesso para maximizar a visibilidade da marca, melhorar sua produtividade e as experiências dos clientes. É a transformação digital na hotelaria ditando as novas regras de competição. Assistentes virtuais, inteligência artificial, big data, Internet das coisas, mapa de calor e outras novas tecnologias tornam-se mais presentes.

As principais tecnologias que impactam na hotelaria são apresentadas a seguir:

Comando de Voz

O uso da voz para pesquisar e reservar hotéis é tido como a próxima grande disrupção na distribuição de hotéis. Nos Estados Unidos já é possível reservar um hotel (e também restaurante) em dois minutos, usando voz por meio do Assistente do Google.Alguns estudos estimam que o uso da voz chegará a 50% das buscas nos próximos dois anos. Em termos de distribuição hoteleira, isto significa grandes mudanças nas regras do jogo, influenciando diretamente OTAs, hotéis de rede e também os independentes. Quais são os hotéis que serão apresentados pelo Assistente do Google no comando de voz? Quais os critérios usados? E como fazer meu hotel aparecer nos primeiros resultados da busca por voz?

Chatbots

Cada vez mais frequentes nos hotéis, os chatbots são usados para responder às dúvidas dos clientes, facilitar as vendas ou chamar o potencial cliente de volta para retomar o processo de reserva.Os chabotsfazem muito sucesso no atendimento ao cliente e nos processos de reserva. Inúmeros hotéis integraram essa opção em seu site, substituindo as comunicações via telefone e e-mail por conversas inteligentes por meio de texto ou voz.À medida que mais e mais clientes estão se acostumando a interagir com os robôs, que respondem nesses bate-papos 24 horas por dia, sete dias por semana, as oportunidades de implementar essa tecnologia proporcionam importantes benefícios de economia de tempo e custos os hoteleiros, além de acelerar o processo de reserva.

Os botstambém ajudam o hóspede durante sua estada, com informações sobre o hotel e também sobre o destino, fazendo o papel de um recepcionista virtual. Alguns hotéis implementaram os chatbots, que podem ser comandados por voz, para abrir as cortinas, acionar o despertador ou chamar o roomservice.

Realidade virtual

A realidade virtual se adapta muito bem à indústria hoteleira, oferecendo uma experiência imersiva única. Graças aos tours de realidade virtual, os potenciais clientes podem explorar o hotel, verificar todas as facilidades oferecidas e também checar os serviços nas proximidades, como cafés, restaurantes e shopping centers.Esta tecnologia é especialmente importante para os hotéis que contam com espaços para eventos, já que podem propiciar ao usuário uma boa “amostra grátis” das suas instalações e equipamentos.

Biometria

A verificação biométrica é qualquer meio pelo qual um indivíduo pode ser identificado de forma única através da avaliação de um ou mais particularidades biológicas. Seu uso na identificação e controle de acesso avançou consideravelmente nos últimos anos, permitindo uma identificação pessoal quase instantânea.O uso de dados biométricos na indústria hoteleira garantirá maior segurança e vigilância em todas as propriedades. Para o hóspede, implicará em agilidade no check in e check out, com muito mais conforto.

Internet das Coisas – IoT

Atualmente, existem mais de 23 bilhões de dispositivos instalados em todo o mundo conectados à Internet das Coisas (IoT, por sua sigla em inglês). Em 2025, esse número deverá aumentar para mais de 75 bilhões.Dispositivos conectados geram dados que bem utilizados servem para tomadas de decisões estratégicas e personalização dos clientes. Gostamos muito de “brincar” com essas tecnologias quando somos clientes. O desafio reside em identificar e, principalmente implementar, esses “brinquedos do futuro” nas nossas empresas. Sabemos que as mudanças são rápidas e, portanto, nossas análises e decisões devem seguir esse novo ritmo imposto pela Era Digital.