Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.
De acordo com a legislação atual, informamos que a nossa empresa NÃO utiliza cookies para melhorar experiências a quem nos acessa. Por favor leia nossa Política de privacidade e saiba mais sobre a transparência e Governança Corporativa da nossa organização.
OK

Agências e Operadoras / Destinos / Política

EUA estendem fechamento das fronteiras terrestres até o fim de agosto

Restrição já dura 16 meses

Restrição já dura 16 meses

O governo dos Estados Unidos estendeu até 21 de agosto o fechamento das fronteiras terrestres com o Canadá e o México para viagens não essenciais, o que inclui o turismo. O anúncio, realizado nesta quarta-feira (21), acontece dias após o Canadá confirmar a abertura para a entrada de turistas vacinadas dos EUA a partir de 9 de agosto.

O fechamento das fronteiras terrestres dos EUA foi adotado no início da pandemia, de covid-19, em março de 2020 e já dura 16 meses. Desde então, a restrição vem sendo prorrogada mensalmente pelo Departamento de Segurança Interna (DHS). O órgão afirmou que está em contato constante com as Canadá e México para “identificar as condições sob as quais as restrições podem ser atenuadas de forma segura e sustentável”.  A entrada de turistas dos dois países nos EUA é permitida por via aérea, mediante a apresentação de um teste PCR negativo.

A questão se junta a outras debatidas dentro do governo dos EUA, que vem sofrendo forte pressão da indústria do turismo para reabrir as fronteiras aéreas, principalmente com países da Europa. A discussão acontece em meio à crescente preocupação com a variante Delta e um aumento no número de casos em regiões do país que tem baixo índice de vacinação

De acordo com uma reportagem publicada pela Reuters, o governo do presidente Joe Biden ainda debate internamente se adotará a exigência de vacina para abertura ao turismo. A Casa Branca planeja uma nova rodada de reuniões nesta semana para discutir restrições de viagens e a possível obrigatoriedade da vacina.

A Casa Branca formou, no mês passado, um grupo de trabalho com União Europeia, Grã-Bretanha, Canadá e México para estudar como acabar com as restrições de viagens e fronteiras.

As restrições da fronteira terrestre dos EUA não impedem os cidadãos dos EUA e residentes permanentes legais de retornar aos Estados Unidos. Como em extensões anteriores, o DHS disse que ainda poderia tentar alterar ou rescindir as restrições antes de 21 de agosto.

Receba nossas newsletters