Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.

Aviação / Vídeos

Air New Zealand planeja lançar ‘cabine de beliches’ em seus voos a partir de 2024; vídeo

airnz-prototype-economy-skynest-media-release-only-1800x1200__ScaleMaxWidthWzUyMF0

O produto é conhecido como Economy Skynest (Divulgação)

Mais de dois anos após apresentar o protótipo de um produto que pretende fazer viajantes da classe econômica de fato dormirem durante o voo, a Air New Zealand anunciou planos de introduzir sua cabines de beliches, com “assentos” que são verdadeiras camas, em voos a partir de 2024. Chamadas de Skynest, as camas econômicas serão instaladas em B787-9 Dreamliners, aeronaves que operarão rotas de ultralongo curso.

Veja o vídeo da experiência abaixo

É o caso de rotas como Auckland-Chicago e Auckland-Nova York JFK, que a Air New Zealand lançará em setembro, com duração de 17 horas e 40 minutos, o que justifica o investimento no produto. “Vemos uma futura experiência de voo em que um cliente da classe econômica em voos de longa distância poderá reservar o Economy Skynest além de seu assento Economy, para descansar um pouco”, disse Nikki Goodman, gerente geral de experiência do cliente da Air New Zealand.

Cada Economy Skynest (uma espécie de módulo) poderá acomodar até seis passageiros. O tamanho médio da cama é de 200cm de comprimento e 58cm de largura. Ao adquirir o produto, o cliente ainda terá travesseiro, lençol, colchas, protetores de ouvido, cortinas de privacidade e luz ambiente para dormir. A Air New Zealand ainda projeta oferecer luz de leitura e entradas USB no espaço.

VÍDEO:

Receba nossas newsletters
 

Todo o conteúdo produzido pelo Mercado & Eventos é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo sem autorização do Mercado & Eventos.

Para compartilhar esse conteúdo, utilize uma das formas de compartilhamento dentro da página.