Crie um atalho do M&E no seu aparelho!
Toque e selecione Adicionar à tela de início.

Aviação / Destinos / Política / Serviços

OPINIÃO: As conquistas de um setor que avança em parceria

Vinicius Lummertz, secretário de Turismo de São Paulo

Vinicius Lummertz, secretário de Turismo de São Paulo

Por Vinicius Lummertz

O turismo, como sabemos, foi um dos primeiros segmentos a interromper suas atividades durante a pandemia – e agora tem sido uma das principais apostas para a retomada sustentável da economia. O desafio não é pequeno, afinal, são cerca de 1.300 atividades relacionadas ao turismo, entre elas, algumas bem óbvias como os transportes, os meios de hospedagem e a alimentação. É por esta razão que a força do turismo está na parceria, com prefeituras, iniciativa privada e demais secretarias de governo. A sorte de SP é que seus mais de 200 destinos turísticos ganharam infraestrutura e se revitalizaram durante a quarentena, tornando-se ainda mais acessíveis, completos e interessantes. Turismo não se faz sozinho, turismo se faz junto com o outro. A seguir, destaco 10 ações que não seriam possíveis sem os nossos parceiros.

1 – O Departamento de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios Turísticos, o Dadetur, responsável pela estruturação e revitalização dos destinos turísticos de SP, investiu R$ 161,4 milhões em 173 municípios paulistas desde setembro do ano passado. Foram 411 obras neste período de pandemia, viabilizando os atrativos turísticos para uma retomada segura e sustentável, em parceria com as Secretaria de Fazenda e Planejamento e Desenvolvimento Regional.

2 – A gastronomia sempre foi uma das principais motivações do viajante. Os sabores locais proporcionam um contato genuíno com a cultura e a história dos destinos turísticos. E São Paulo tem uma infinidade de sabores. Por meio do programa rotas gastronômicas, o turismo de SP mapeou os estabelecimentos em 162 municípios e passou a promover sete roteiros de gastronomia em todo o estado. A ideia é incentivar a cadeia produtiva da alimentação e do comércio local.  Ação em parceria com a Secretaria de Agricultura e Abastecimento.

3 – O Turismo de SP tem trabalhado para tornar seus destinos cada vez mais inclusivos. Com a ideia de reforçar a tolerância, a cidadania e criar novos fluxos econômicos, gerando oportunidades e renda para toda a população, oito secretarias de governo, lideradas pelo Turismo, deram um passo importante para promover o público LGBTQIA+. A ação é uma parceria com as secretarias de Justiça e Cidadania, Relações Internacionais, Desenvolvimento Regional, Desenvolvimento Econômico, Desenvolvimento Social, Direitos da Pessoa com Deficiência, Cultura e Economia Criativa e a Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente.

4 – O turismo de aventura não só é um dos segmentos que mais cresce em todo o mundo, entre 15% e 25% ao ano, como também uma aposta de SP para a retomada segura da economia. Segurança, aliás, é a palavra-chave do SP Ecoaventura, um programa de qualificação que estimula a certificação de empresas do setor em mais de 200 municípios paulistas. Em parceria com a Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente e Sebrae

5 – O deslocamento até o destino turístico vai se tornar parte da experiência de viagem com a criação das primeiras rotas cênicas de SP. Algumas das principais rodovias do estado no Vale do Ribeira vão receber paradouros, quiosques para a vendas de produtos regionais, mirantes e skywalks. De locais por onde se passa de forma apressada, as rotas cênicas vão convidar o turista a estacionar o carro e valorizar a paisagem e a cultura regional. Elas também vão atravessar a Mantiqueira Paulista, o Litoral Norte e o Circuito das Águas. Em parceria com a Secretaria Estadual de Logística e Transportes e a Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente.

6 – O programa de crédito turístico de São Paulo realizou durante a pandemia a maior ação de um estado brasileiro para o setor. Foram mais de R$ 2 bilhões para micro, pequenos, médios e grandes empreendedores – e mais de três mil solicitações de empréstimos. A juros baixos, os recursos viabilizaram novos projetos e reformas essenciais para a retomada econômica, em todos os setores, além de capital de giro para apoiar as empresas. Em parceria com a Desenvolve SP.

7 – Já são mais de mil agentes públicos, artesãos e guias turísticos mobilizados para promover o artesanato local em 354 municípios de todo o estado de SP. O programa de capacitação, que nasceu na pandemia, ajuda os pequenos empreendedores a participar de feiras, eventos e ações de divulgação. Artesanato Local, como foi chamado, é uma forma de estimular a economia e promover a cultura local em regiões turísticas. Em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, por meio da Sutaco, a Subsecretaria do Trabalho Artesanal nas Comunidades.

8 – Levar o turismo para dentro da sala de aula é a forma mais eficiente de revelar aos jovens as oportunidades de um setor que emprega, gera renda e desenvolve o município. Desde o mês passado, mais de três milhões de alunos de cerca de cinco mil escolas estaduais de SP passaram a ter a disposição a eletiva do turismo, a partir do 6º ano. É o turismo fazendo parte do futuro das novas gerações. Em parceria com a Secretaria de Educação.

9 – O turismo rural é uma tendência no pós-pandemia e uma grande oportunidade para o pequeno empreendedor do turismo. Para incentivar ainda mais o desenvolvimento do setor, foi feito um mapeamento de 1392 meios de hospedagem, vinícolas, fazendas e atrativos rurais em 195 municípios paulistas de 45 regiões turísticas. Em breve, um guia de turismo virtual vai estar disponível a todos que desejam praticar essa modalidade que leva mais desenvolvimento ao interior do estado. Em parceria com a Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente.

10 – São Paulo aprovou a lei dos distritos turísticos e Olímpia caminha pra se tornar o primeiro. A conquista é uma aposta no potencial econômico de regiões que já recebem um grande fluxo de visitantes como estratégicas para o desenvolvimento. Com o incentivo, Olímpia vai dobrar o número de turistas em apenas um ano. Em parceria com a Casa Civil e Assembleia Legislativa.

Receba nossas newsletters
 

Todo o conteúdo produzido pelo Mercado & Eventos é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo sem autorização do Mercado & Eventos.

Para compartilhar esse conteúdo, utilize uma das formas de compartilhamento dentro da página.